Perigo: extensões do Chrome podem virar adware

0
189

O The Next Web publicou uma história interessante sobre uma extensão do Google Chrome que foi vendida e transformada em adware.

“Criador vendeu a extensão em algum ponto antes de 11 de julho e informou os usuários que não poderia mais fazer alterações nela. Mas os novos proprietários fizeram algumas mudanças”, diz a publicação.


“Usuários relataram que a extensão de personalizar a interface do YouTube passou a pedir a permissão para ler dados de todos os sites visitados e para gerenciar extensões e temas”, relata o site.

Moral da história: mantenha uma atenção especial nas extensões instaladas em seu Google Chrome e analise, com cuidado, qualquer aviso de mudança nas permissões (o Chrome alerta!).

Após denuncias dos usuários a extensão foi removida da Chrome Web Store. Não está claro se isto ocorreu por decisão dos próprios desenvolvedores ou por alguma ação do Google.

Comente!