5 recursos do Android que não existem no iOS

Faz algum tempo que a Apple vem tentando cobrir os gaps do iOS que deixavam sua plataforma para trás quando comparado com os sistemas concorrentes.

Entretanto, mesmo com a Maçã correndo para reduzir essa distância entre os sistemas, o Android ainda apresenta uma série de features que não existem no iPhone.


Veja, abaixo, 5 recursos que os usuários do iOS sonham em ter no futuro:

1) Múltiplos perfis de usuários

Apesar das recentes evoluções do iOS, incluindo a possibilidade de arrastar conteúdos entre aplicativos (semelhante ao “compartilhar” entre apps do Android), a Apple ainda não conseguiu implementar uma solução de múltiplos perfis.

O recurso, que chegou ao Android faz alguns anos, permite que membros de uma família possam criar seus próprios espaços pessoais. Isso significa que seu e-mail do trabalho, por exemplo, não será acessado pelo seu filho.

2) Não perturbe

Enquanto o iOS permite que os usuários possam criar uma única regra de não perturbe, o Android oferece maior flexibilidade para a ferramenta ao permitir que múltiplas configurações possam ser feitas.

Ou seja, o dispositivo Android pode respeitar sua vida noturna, fins de semana, reuniões e quaisquer outros momentos que você quer estar tranquilo e com o aparelho no bolso.

3) Pesquisar em toda a tela

É fato que o iOS permite que você possa fazer pesquisas em todo o aparelho, mas, em determinados momentos, você quer aquilo que você está vendo na tela. Neste caso, você não tem o que fazer.

No Android, entretanto, o Google Assistant, ou “Now on Tap” como era conhecido anteriormente, permite que a tela inteira seja digitalizada e retorne resultados de pesquisa relevantes. É fácil e mágico.

4) Limpar todos os aplicativos

O Google demorou para implementar e mesmo assim conseguiu sair na frente: o botão de “limpar tudo” os aplicativos abertos.

Dependendo do seu estilo de uso, milhares de aplicativos podem permanecer abertos ao mesmo tempo e, devo dizer, quase ninguém tem paciência para fechá-los.

O botão “limpar tudo” encerra instantaneamente todas as janelas de aplicativos, deixando a mensagem “Não há itens recentes”.

No iOS, por outro lado, não tem outra saída que não seja desgastar a ponta dos dedos.

5) Liberar espaço no dispositivo

Quem não lembra do trabalhão que era fazer backup de fotos? Tinha que conectar o USB no PC, baixar drivers, instalar software… um verdadeiro horror!

Com o Google Photos os backups são automáticos e você pode acessar suas fotos e vídeos em qualquer lugar, além de contar com filtros como rostos, lugares ou detalhes (praia, cachorro, etc).

Mesmo assim, a limpeza da galeria de fotos era um pouco complicada. É claro, até surgir a opção de “Liberar espaço” no Google Photos do Android.

A opção procura automaticamente por fotos que estejam armazenadas no Google Photos e mostra uma mensagem dizendo quanto você consegue liberar de espaço. É uma mão na roda!

Nota: Uma opção similar pode ser encontrada no Google Photos do iOS, mas ao usá-la tenha em mente que as fotos também podem ser apagadas do iCloud.

10 comments
  1. Recursos interessantes mas o comparativo é fraco e tendencioso.
    1. Não conseguiu ou não quis? A Apple sempre pregou que cada usuário deve ter seu dispositivo, e por mais que isso soe ruim, ainda é uma questão de opção.
    2. Dizer que um recurso funciona melhor em determinada plataforma não quer dizer que ele não exista na outra.
    4. O gerenciamento de memória no iOS é tão eficiente que não é preciso “fechar” esses aplicativos, com 2gb de ram eu não noto qualquer perda de performance por não fechar aplicativos, já no 1+3T eu preciso fechar de tempos em tempos, mesmo com seus 6gb de ram.
    5. O Photos do iOS tem uma opção “Otimizar no iPhone” que faz o backup para o iCloud e libera espaço automaticamente, sem necessidade de interação do usuário.

    Tem coisa que o iOS não tem que faz muito mais falta do que os itens listados, como por exemplo a opção de excluir dados dos aplicativos.

    Antes de fazer esse tipo de comparativo, é preciso olhar profundamente para ambos e comparar de verdade.
    Hoje uso ambos, 6s e 3t, e digo que as duas plataformas são excelentes, e ambas têm pontos negativos e pontos positivos.
    O iOS faz muitas coisas de forma transparente ao usuário, no Android a coisa é mais manual. O Android carrega uma série de recursos interessantes, muitos são úteis e têm potencial, outros são meros “gimmicks” que você usa uma ou duas vezes, e depois fica encostado.

    1. “Tem coisa que o iOS não tem que faz muito mais falta do que os itens listados, como por exemplo a opção de excluir dados dos aplicativos.” lembrando que essa função de apagar dados de um app virá no iOS 11, inclusive apagando os dados dos apps menos usados automaticamente.

      1. To meio por fora do iOS 11, vou instalar uma beta aqui e ver no que dá.
        Mas é interessante saber que teremos isso em breve no iOS…

      1. Então, na real eu não entendi bolotas do que o item 3 faz. Quando tiver tempo vou pesquisar, mas o que eu pude entender é que ele tira um print da tela e faz uma busca (no Google) com o que ele encontra de elementos.

          1. Recurso interessante, nunca havia usado. Claro que no vídeo há uma certa dramatização e tal, mas é legal.
            Creio que o grande problema é a questão de privacidade que tanta gente questiona, como por exemplo a questão do Gmail que a Microsoft satirizou em um comercial pra lá de genial “Gmail Man”…

          2. Coincidentemente acabei de publicar aqui no blog que o Google não vai mais escanear e-mails no Gmail. Quanto a publicidade da Microsoft, ela tentava botar uma ideia negativa na feature que era aprovada pelos usuários desde o lançamento em 2004.

  2. Ah, legal o item 5. Eu sempre deletava manualmente as fotos depois de conferir se elas já tinham subido pro drive… kkkk…

You May Also Like