Google testa controle de tráfego aéreo para drones

Projeto Wing, controlado pela Alphabet, anunciou ter executado testes sob a supervisão da FAA e a Nasa para estabelecer um sistema de tráfego aéreo para sistemas de aeronave não tripuladas.

Para que empresas de diferentes negócios possam operar seus drones, será necessário a criação de fluxo que permita a entrega de pacotes e outros bens por meio de uma rede amplamente automatizada.


O Project Wing vem sendo desenvolvido para operar uma frota de drones que irão fazer entregas e servir para outras funções, enquanto voam torno de edifícios, enfrentam o clima e outras variáveis.

Um teste realizado esta semana mostrou que um único operador é capaz de controlar três drones Wing para missões de entrega separadas, enquanto também navegava com dois drones da Intel e um DJI Inspire, todos compartilhando o mesmo espaço aéreo.

“A demonstração mostrou como a plataforma de gerenciamento de tráfego da Wing poderia traçar automaticamente os caminhos de todos esses veículos e atualizar e adaptar inteligentemente esses caminhos em tempo real, em condições reais de vôo ao ar livre”, publicou o TechCrunch.

Agora, a equipe do Wing espera introduzir o sistema em ambientes com mais ações (como prédios e outros obstáculos) para dificultar o plano de voo dos drones e testar seus comportamentos.

Comente!