Atualizações de segurança do Android vão ganhar mais velocidade

Embora tenha feito grandes progressos durante o ano passado, o Google anunciou que trabalha para ser mais rápido em 2017 com o intuito de proteger os usuários do Android de vulnerabilidades conhecidas.

“Ainda há muito trabalho a fazer para proteger todos os usuários do Android: cerca de metade dos dispositivos em uso no final de 2016 não tinham recebido as atualização de segurança do ano anterior”, disseram os funcionários Adrian Ludwig e Melinda Miller.


Ao descobrir uma vulnerabilidades em seus produtos – seja por meio de relatórios externos de pesquisadores de segurança ou por meio de auditorias internas – uma esforço é feito para corrigir o problema antes de ser amplamente explorado.

No ecossistema Android, que inclui centenas de operadoras e fabricantes, levar essas atualizações para cada usuário é um processo extremamente complexo.

“Na América do Norte, pouco mais de 78% dos dispositivos afetados estavam atualizados com a atualização de segurança no final de 2016”, explicou. “É um bom número em termos de progresso que representa. Achamos que podemos fazer melhor”.

Ludwig também afirmou que o Google foi capaz de reduzir o tempo de espera das atualizações de segurança de seis a nove semanas para apenas alguns dias trabalhando com operadoras e fabricantes.

O Google também planeja reduzir o tamanho das atualizações para garantir um download mais rápido e remover os requisitos para que os usuários aprovem cada atualização.

2 Replies to “Atualizações de segurança do Android vão ganhar mais velocidade

  1. como eu faço essas atualizações de segurança? meu celular é um Moto G1 android 5.1.
    a motorola não libera essas atualizações de sistema….

    1. Moto G1 não é mais suportado pela fabricante. Em média, os aparelhos recebem suporte por 18 meses a partir do lançamento. Por outro lado, o Google mantém você seguro com atualizações no Google Play Services que instalam atualizações automaticamente.

Comente!