YouTube está censurando vídeos LGBT?

3
291

De acordo com o TechCrunch, muitos usuários têm acusado o YouTube de tentar esconder e censurar vídeos LGBT dentro do Modo Restrito com o intuito de dificultar o acesso ao conteúdo de determinados produtores e artistas.

Em resposta aos boatos, o YouTube explicou no Twitter que o recurso afeta “um pequeno número de pessoas” e que “lamenta qualquer confusão” a respeito da ferramenta:


“Estamos muito orgulhosos de representar as vozes LGBTQ+ em nossa plataforma – eles são uma parte fundamental do que o YouTube tem tudo a ver. A intenção do Modo Restrito é filtrar o conteúdo para um minúsculo subconjunto de nossos usuários que desejam uma experiência mais limitada. Os vídeos LGBTQ+ estão disponíveis no Modo Restrito, mas os vídeos que discutem questões mais sensíveis podem não estar. Lamentamos qualquer confusão que isso tenha causado e estamos atentos as suas preocupações. Agradecemos seus comentários e paixão por tornar o YouTube uma comunidade inclusiva, diversificada e vibrante”.

A empresa ainda explicou que a funcionalidade – criada para uso dos pais, escolas, bibliotecas e outras instituições – oculta vídeos que possam conter conteúdo inadequado, sinalizado por usuários ou outros elementos.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGmail agora faz streaming de anexos de vídeos
Próximo artigoAndroid lidera as vendas de smartphones no Brasil

é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks – empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

3 COMENTÁRIOS

  1. Ou seja, eles estão MESMO restringindo esse conteúdo. “…a funcionalidade – criada para uso dos pais, escolas, bibliotecas e outras instituições – oculta vídeos que possam conter conteúdo inadequado”.

    E pq esse conteúdo seria inadequado?

    • Pode ser inadequado para crianças, pode ser inadequado para assistir em locais públicos, pode ser inadequado para ver no trabalho. É uma funcionalidade que existe no YouTube, na busca do Google e outros serviços. Quem decide isso é o próprio usuário que reporta como “inadequado” e alimenta o filtro.

      • Ou seja se esta tendo problemas com vídeos LGBT o problema pode ser nós usuários que estamos usando de forma errada esse serviço?

Comente!