Google reCAPTCHA invisível usa aprendizado de máquina para reconhecer humanos

O Google decretou o começo do fim dos desafios do reCAPTCHA para humanos – aquela caixa de verificação que podia ser vista em diversos sites e exigia apenas um único clique para a análise.

De acordo com a empresa, sua tecnologia de aprendizado de máquina e análise de risco avançada agora são capazes de reconhecer o comportamento humano e bloquear os acessos suspeitos.


“Agora estamos dando um passo adiante e tornando-o invisível. Usuários humanos poderão passar sem ver a caixa de seleção “Eu não sou um robô”, enquanto os suspeitos e bots ainda têm que resolver os desafios”, publicou o Google.

A mudança não é automática para toda a base de sites que utilizam o reCAPTCHA, sendo necessário que os desenvolvedores escolham o modelo de verificação entre os dois tipos de checagens existentes.

O botão abaixo será exibido nos sites com o reCAPTCHA invisível:

Embora funcione sem a interação do usuário, o reCAPTCHA exige que o usuário clique em um botão existente no site ou seja automaticamente ativado por meio de uma API JavaScript.

Veja mais detalhes sobre o anúncio no vídeo abaixo:

Comente!