Chloe Bridgewater, uma menina de 7 anos que mora em Hereford, Inglaterra, enviou uma carta para o Google na esperança de que a empresa tivesse uma vaga de trabalho para ela.

Direcionada ao CEO do Google Sundar Pichai, Bridgewater afirma ser aficionada por tablets, computadores e robôs; e que seus professores a incentivam a conseguir um emprego na gigante de Mountain View.


“Querido chefe do Google
Meu nome é Chloe e quando eu crescer quer um emprego no Google. Também quero trabalhar em uma fábrica de chocolate e nadar nas Olimpíadas. Meu pai disse que eu que posso sentar em pufes, descer no escorregador e pilotar carrinhos no Google. Também gosto de computadores e tenho um tablet, que eu uso para jogar. Meu pai me deu um jogo em que preciso mover um robô e disse que é bom para eu aprender sobre computadores. Meu pai me disse que ele vai me dar um computador. Tenho sete anos de idade e meus professores dizem que sou boa aluna e que seu continuar assim vou conseguir um emprego no Google. Meu pai me disse para mandar esta carta. Essa foi a segunda vez que eu escrevi uma carta e da outra vez foi para o Papai Noel. Tchau.”

Resposta

Para a surpresa da família, uma carta pessoal do CEO do Google, Sundar Pichai, enviada no último dia 03 de fevereiro, encoraja a menina a seguir seus sonhos:

“Querida Chloe
Muito obrigado pela sua carta. Fico feliz que você goste de robôs e computadores e espero que você continue aprendendo sobre tecnologia. Acredito que se você continuar trabalhando duro e seguindo seus sonhos, vai conseguir tudo o que tem em mente – desde trabalhar no Google até nadar nas Olimpíadas. Espero receber seu pedido por uma vaga assim que terminar os estudos! :)
Tudo de bom para você e para a sua família”.

Nota: o site Business Insider afirma que um porta-voz do Google confirmou a história como verdadeira.