Inteligência artificial do Google aprende a aprimorar fotos como nos filmes

No final de 2016, a equipe do Google Research revelou que o Google vinha trabalhando na tecnologia “RAISR” capaz de utilizar o aprendizado de máquina para produzir versões de alta qualidade de imagens de baixa resolução.

Entre os exemplos demonstrados até aquele momento, você conseguia ver uma melhora significativa nas imagens, mas estavam longe de serem perfeitas. Até, claro, um novo e recente anúncio feito pelos cientistas do Google Brain. Dê uma olhada nos resultados:


O que estamos vendo acima é absolutamente incrível! A partir de uma imagem pequena e pixelizada com apenas 64 quadros, o cérebro eletrônico do Google é capaz de aumentar a resolução e desenhar características faciais reconhecíveis como nos filmes policiais.

Para conseguir chegar a este resultado, a inteligência artificial do Google Brain tenta mapear e combinar cada quadro da imagem com semelhantes imagens de alta resolução quando ampliadas.

A máquina, então, adiciona detalhes realistas na versão final. Ela faz isso aprendendo o que cada pixel em uma amostra de baixa resolução geralmente corresponde em imagens de alta resolução.

Por se tratar de uma imagem formada por aproximações calculadas pelo algoritmo, a tecnologia ainda não está pronta para uso da força policial. Uma versão mais branda da tecnologia já está disponível no Google+ para Android.

Comente!