Google Translate agora usa rede neural nas traduções para o português

No último mês de setembro, o Google anunciou que estava desenvolvendo uma técnica de tradução por meio de aprendizagem de máquina que teria a capacidade de reinventar as traduções online.

Em vez de se basear em palavras e frases soltas, o novo sistema apelidado de “Google Neural Machine Translation” (GNMT) tinha a capacidade de analisar todo o conjunto de palavras de uma sentença.


A novidade, entretanto, estava limitada somente as traduções do chinês para o inglês. Agora, segundo o buscador, a Neural Machine Translation pode ser conferida em 8 idiomas que cobrem 35% das traduções no serviço.

“Neural Machine Translation está em ação em um total de oito línguas, de Inglês para Francês, Alemão, Espanhol, Português, chinês, japonês, coreano e turco”, publicou a empresa.

“Nosso objetivo é, eventualmente rodar a Neural Machine Translation para todas as 103 línguas de onde você pode acessar o Google Translate”.

Com a implementação da rede neural, o Google espera reduzir os erros em traduções em até 60 por cento.

Comente!