Google divulga falha de segurança do Windows; Microsoft critica o buscador

O Google divulgou ter descoberto a existência de uma falha de segurança no sistema operacional Windows que poderia colocar em risco milhões de usuários.

De acordo com a equipe de segurança do Google, vulnerabilidade foi analisada como “particularmente grave” porque a falha estaria sendo “ativamente explorada” por hackers.


Embora seja uma prática padrão entre as empresas, o Google parece ter apressado a divulgação e não permitido a Microsoft um tempo necessário para a correção do problema.

A Microsoft disse em um comunicado que a divulgação antecipada pode levar a problemas para os usuários pois a falha ainda não foi corrigida.

Enquanto o Google recomenda que os usuários usem o Google Chrome; a Microsoft recomenda o uso do Windows 10 e o navegador Edge para evitar riscos.

Comente!