Google explica falta de estabilização óptica de imagem no Google Pixel

3
1447

Diferente de outros smartphones topo de linha, o Google Pixel não conta com estabilização óptica de imagem e a empresa alega que a falta do recurso se deve a estabilização eletrônica de imagem de “classe mundial”.

Em resposta aos consumidores no fórum de ajuda, o Googler “IsaacOnCamera” resolveu explicar os motivos que levavam o buscador a não seguir com a tendência do mercado de tecnologia (tradução aberta):


“EIS e OIS têm objetivos muito diferentes, então você não pode compará-los ou perguntar o que é melhor/pior. OIS melhora principalmente as fotografias com pouca luz e fisicamente compensar qualquer trepidação na mão dentro de cada único frame, o EIS melhora os vídeo tremidos pela manutenção do enquadramento consistente entre vários quadros de vídeo. OIS é principalmente para foto e EIS apenas para vídeo.

OIS ajuda ainda em fotos com pouca luz. Ele compensa a vibração da mão, permitindo exposições mais longas com pouca luz, mas este por sua vez aumenta o borrão de movimento dentro do quadro. E ele vem com algumas exigências, começando com seu tamanho físico (o que significa que seria mais difícil produzir um dispositivo magro como o Pixel).

E apesar da falta de OIS, Pixel é muito robusto em fotos com pouca luz, batendo outras câmeras que têm módulos OIS. Isso se deve aos seus algoritmos de software de classe mundial, nomeadamente HDR+. E com algoritmos em vez de hardware OIS, Pixel pode ficar melhor e melhor ao longo do tempo.

No final do dia, Pixel tem algumas das melhores fotos com pouca luz que você vai encontrar em qualquer smartphone, mesmo sem OIS. E isso é o que realmente importa – fotos melhores, e não como Pixel faz”.

O funcionário ainda complementou que o Google Pixel oferece a tecnologia EIS em compartibilidade com a resolução 4K.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGoogle vai encerrar o Panoramio
Próximo artigoGoogle adiciona conversor de cores nos resultados de pesquisa
é pós-graduado em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais pela ESPM. Fundador da FragaNet Networks, empresa especializada em comunicação digital , cujo o portfólio estão projetos como: Google Discovery, Arquivo UFO e Muito Curioso. Foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

3 COMENTÁRIOS

Comente!