Burlesco, a extensão para Chrome que burla o paywall

1
4436

Nova extensão para Google Chrome promete ajudar os usuários a burlar o paywall – aquele bloqueio existente nos principais jornais do país que restringem o acesso às notícias quando o usuário ultrapassa uma quantia mensal de acesso.

Embora o conteúdo seja bloqueado para o acesso dos consumidores, os desenvolvedores dessas páginas permitem que o robôs de rastreamento da web do Google possam indexar o conteúdo das notícias sem nenhum tipo de restrição.


É neste momento que a extensão de código-aberto faz seu trabalho:

“Após servir a página com o conteúdo, os sites de notícia incluem um JavaScript responsável por ocultar o texto. Escolher como um conteúdo deve ser apresentado em nossos computadores é, no entanto, uma garantia e uma premissa da web aberta”, diz o desenvolvedor.

“Tudo que essa extensão faz é garantir que o conteúdo que já é disponibilizado pelos próprios sites de notícia sejam exibidos de maneira legível. A única diferença é que, de forma conveniente, ela permite que o usuário leia o conteúdo diretamente em um navegador, ainda que esteja com o JavaScript habilitado”.

O mecanismo de pesquisa do Google permite que sites possam explorar o paywall desde que os desenvolvedores informem o buscador, por meio do sitemap, que o “registro ou assinatura” dos usuários são requeridos para a exibição do conteúdo.

Em outros casos, o buscador pode classificar a ação como Cloaking (camuflagem de conteúdo), no qual o conteúdo exibido para os mecanismos de pesquisa é diferente para os usuários que visitam o site, sendo uma violação das diretrizes para webmasters do Google.

A extensão e o código-fonte do Burlesco estão disponível no GitHub sob a licença MIT.

1 COMENTÁRIO

Comente!