Google já removeu 1.75 bilhão de páginas por direitos autorais

O Google publicou hoje um novo site que mostra um interessante relatório de páginas removidas do índice do buscador que teriam infringido algum tipo de direito autoral.

“Google recebe regularmente pedidos para remover conteúdo que possa infringir direitos autorais. Este relatório fornece dados sobre pedidos de remoção de resultados de pesquisa que apontam para tal material”, disse a empresa.


De acordo com o Google, mais de 888 mil sites foram afetados pelas solicitações, gerando um total de 1,75 bilhão de páginas retiradas do buscador até o momento.

Por meio do site, os usuários ainda podem acompanhar a evolução dos pedidos de remoção, as empresas que mais solicitam direitos autorais e o sites afetados na busca.

Para que uma página se torne indisponível no Google, a gigante de Mountain View montou um processo que se repete a cada solicitação:

  • Proprietários de direitos autorais enviam notificações para a remoção de “suposto material ilícito”
  • O Google analisa o pedido e cumpre se não há problemas com ele.
  • O proprietário do conteúdo removido recebe uma contranotificação, ele deve argumentar ou remover o conteúdo ofensivo.
  • O Google decide se deve ou não adicionar a página de volta para os resultados de pesquisa.

sites-removidos

Comente!