Adquirido pela Microsoft em 2015 por US$ 100 milhões, o aplicativo Sunrise Calendar – que estreou em 2014 no Android após muita expectativa dos usuários – já tem uma data de encerramento: 31 de agosto de 2016.

“Infelizmente, como todas as boas histórias, nós não seremos mais capazes de atualizar o Sunrise”, escreveu a equipe de Sunrise em seu blog da empresa.


“Não haverá mais novos recursos ou correções de bugs. Para nós, essa é a definição de um aplicativo ruim e não é uma experiência de usuário que queremos deixar para vocês”.

De acordo com um porta-voz da Microsoft, toda a equipe do Sunrise Calendar será remanejada para trabalhar no aplicativo do Outlook.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGoogle lança teclado virtual para iPhone com recursos de pesquisa
Próximo artigoGoogle Now on Tap estreia no Brasil
é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

6 COMENTÁRIOS

  1. o grande trunfo do sunrise era poder ter agendas de diversos serviços como evernote, facebook, wunderlist…
    o calendar do google ainda não tem essa integração legal, só se o produto tiver os links webcal ou ical, caso contrário, dois ou três calendários abertos sempre, gerenciamento duplicado, triplicado..

    espero que a M$ não decida terminar com Wunderlist e Swiftkey também…

    • Pelo histórico da M$, ela só tem comprado empresas para melhorar os seus próprios produtos. Acredito que não será diferente nesses casos (infelizmente).

  2. Eu juro que eu tentei utilizar o Sunrise, mas não consegui me desapegar do Calendar do Google.

Comente!