Google RankBrain, um sistema de inteligência artificial integrado ao mecanismo de pesquisa

0
325

google-server

O Google tem utilizado um sistema de inteligência artificial para ajudar na análise sintática de consultas feitas em seu mecanismo de pesquisa, chegando atualmente a 15% das buscas do Google otimizadas pelo cérebro computadorizado.


Para ajudar os usuários a encontrarem a informação mais relevante dentro de bilhões de sites da Web (mais de 822,240 novos sites adicionados a cada dia no Google), a empresa precisa continuar a melhorar as suas capacidades.

Para conseguir decodificar esse universo de proporções inimagináveis, o Google agora conta com a ajuda de um sistema de inteligência artificial chamado RankBrain.

“Nos últimos meses, uma ‘grande fração’ das milhões de consultas por segundo que as pessoas digitam no motor de busca têm sido interpretadas por um sistema de inteligência artificial, apelidada RankBrain”, disse Greg Corrado, um cientista sênior da Google, descrevendo pela primeira vez o papel da Inteligencia Artificial em busca.

Com o sistema integrado ao Google Search, a empresa agora é capaz de processar consultas ambíguas e vem sendo superando até mesmo a inteligência humana.

“Embora os seres humanos adivinhem corretamente 70 por cento do tempo, RankBrain já apresenta uma taxa de sucesso de 80 por cento”, publicou a Bloomberg.

Comente!