YouTube utiliza redes neurais profundas para escolher melhor miniatura para os vídeos

Quando você faz o upload de um vídeo no YouTube, o portal de vídeos do Google processa cada quadro individualmente por meio de um algoritmo para encontrar as melhores miniaturas do seu vídeo.

Agora, com a integração de uma tecnologia de “redes neurais profundas”, o algoritmo que escolhe as melhores miniaturas vai muito além, sendo capaz de identificar imagens como melhor atratividade para os usuários.


“Cada quadro é avaliado por um modelo de qualidade e atribuído um único índice de qualidade. Os quadros com as pontuações mais altas são selecionadas, reforçadas e processadas como miniaturas com diferentes tamanhos e proporções”, publicou Weilong Yang e Min-Hsuan Tsai, da equipe de análise de conteúdo do YouTube Creator.

youtube-algoritmo-3

youtube-algoritmo-2

youtube-algoritmo

Para chegar a tal resultado, o Google abasteceu o algoritmo com “exemplos positivos” (como imagens pré-fabricadas pelos criadores ou quadros com o assunto clara e centralizado), e alguns “exemplos negativos” (que foram escolhidos aleatoriamente, muitas vezes são frames desfocados de vídeos).

O novo algoritmo, então, compara os quadros para decidir quais são os melhores utilizando as redes neurais profundas.

Comente!