Câmara de São Paulo aprova a proibição do Uber

uber

A Câmara de São Paulo aprovou nesta quarta-feira um projeto que visa proibir a existência e funcionamento de aplicativos de transporte particular como o Uber.


Com 43 votos favoráveis e 3 contrários, o projeto de lei que proíbe o uso de aplicativos de transporte individual passou pela segunda votação e irá agora para sanção do prefeito Fernando Haddad (PT).

De acordo com uma pesquisa recente da Revista Época, 80% dos brasileiros são a favor da regulamentação e do uso de aplicativos como o Uber.

Em entrevista à Folha de SP, o diretor de comunicação do Uber no Brasil, Fabio Sabba, declarou que o serviço continuará em funcionamento até que o prefeito Haddad decida se vai sancionar ou vetar o projeto.

Disponível no Brasil desde maio de 2014, o Uber ajuda a conectar usuários e motoristas particulares através de um sistema próprio. A empresa, que já contabiliza mais de US$ 51 bilhões em valor de mercado, conta com investimentos do Google e Microsoft.

3 Replies to “Câmara de São Paulo aprova a proibição do Uber

  1. 80% da população a favor e 85% dos seus representantes contra, a quem esse povo representa?

  2. “Ordem e Progresso” e com os nossos impostos e das empresas é que o país consegue crescer ! Precisamos que todos paguem os seus impostos no nosso país ! Não somente a população.
    Todos devemos contribuir para um país melhor !

Comente!