Google X trabalha em bots que poderiam detectar câncer no sangue

0
550

viagem-insolita

De acordo com o The Wall Street Journal, o laboratório secreto do Google, conhecido como Google X, está trabalhando em uma nova tecnologia que poderia ajudar as pessoas na detecção de sinais de câncer e outras doenças desagradáveis.


A publicação informa que o Google está em processo de desenvolver nanopartículas magnéticas com um milésimo de largura que seriam capazes de fazer uma varredura dos glóbulos vermelhos de sangue e alertar para potenciais problemas nas células.

Uma das ideias para a absorção das nanopartículas estaria uma pílula que seria engolida pelo paciente. No entanto, o Google está ciente de que tal produto seria sujeito a um controle regulamentar pesado.

Atualmente o Google possui mais de 100 funcionários com formação em astrofísica, química e engenharia elétrica trabalhando neste no programa, mas não informou o investimento gasto no projeto.

Imagem: Cena do filme Viagem Insólita.

Comente!