Google tinha duas versões do Android quando o iPhone foi apresentado

googleandroidg1

Diferente do que vem sendo dito por aí, um engenheiro de software do Google afirmou esta semana que o buscador já trabalhava em duas versões do Android quando a Apple apresentou o iPhone.


Conhecido como “Sooner” e “Dream”, as diferenças estavam exatamente nas capacidades touchscreen do Dream, enquanto o Sooner funcionava mais no estilo Blackberry.

Na época, segundo o funcionário Dianne Hackborn, o Google acreditava que Dream era um produto de risco e tinha uma visão a longo prazo, pois se tratava de uma experiência completamente diferente do que os consumidores estavam acostumados.

“‘Sooner’ e ‘Dream’ eram basicamente o mesmo – somente em formas diferentes, um deles com tela sensível ao toque – mas não eram tão diferentes ao ponto que alternar entre as plataformas seria uma enorme reviravolta”, diz um dos desenvolvedores do Android.

Apesar do lançamento do iPhone ter sido um ponto de grandes mudanças, o Google já tinha notado que seu projeto Sooner estava defasado e que seus esforços iriam se voltar, gradativamente, para o Dream.

“Não me lembro a data exata, mas acredito que a decisão de abandonar foi bem antes do anúncio do iPhone, embora continuamos a usá-lo  internamente por um bom tempo para continuar seu desenvolvimento, uma vez que era a única plataforma de hardware semi-estável que tínhamos”, disse Hackborn.

Comente!