Motorola anuncia Projeto Ara, uma plataforma de hardware aberto e modular

2
671

projeto-ara

A Motorola se uniu a Phonebloks para revelar seus planos no Projeto Ara, uma plataforma que permitirá a construção de smartphones que são atualizáveis, customizáveis e, principalmente, abertos.


De acordo com a fabricante [e do Google], a ideia do Projeto Ara é trazer uma maior flexibilidade para hardware, algo bem próximo da inovação que o Android trouxe para o software.

“Queremos fazer com o hardware o que a plataforma Android tem feito pelo software: criar um ecossistema de desenvolvedores vibrantes, diminuir as barreiras, aumentar o ritmo de inovação e comprimir substancialmente os prazos de desenvolvimento”, publicou a Motorola em nota à imprensa.

O Projeto Ara consiste na criação de um dispositivo endoesqueleto que virá programado para receber módulos que funcionam em modo “plug and play”. Basta encaixar um módulo e o smartphone estará pronto para ser usado, e isto pode ser um novo processador, uma nova tela, uma bateria extra, um oxímetro de pulso ou quem sabe até uma nova câmera.

A Motorola informou ainda que tem trabalhado no Projeto Ara há mais de um ano e recentemente recebeu o apoio de Dave Hakkens, o criador do Phonebloks. No entanto, os primeiros dispositivos devem aparecer somente nos próximos meses e, se os consumidores gostarem da ideia, a iniciativa pode revolucionar toda a indústria dos dispositivos móveis.

“Nós compartilhamos uma visão comum: desenvolver uma plataforma de telefone que é modular, aberto, personalizável e feito para o mundo inteiro. Nós fizemos um trabalho técnico profundo. Dave criou uma comunidade. O projeto aberto requer ambos. Então, vamos trabalhar com o Ara em aberto, interagindo com a comunidade Phonebloks todo o nosso processo de desenvolvimento”, publicou Paul Eremenko, do grupo de tecnologia avançada da Motorola.

projeto-ara-2

2 COMENTÁRIOS

Comente!