Hackers desfiguram página do Google na Palestina

A página inicial do Google Palestina, que traz o sistema de pesquisa voltado para aquela região, foi alterada nesta segunda-feira e exibiu, por alguns minutos, uma mensagem política.

Apesar do Google não comentar o problema, a invasão não teria afetado a infra-estrutura do Google mas o serviço de registro de domínios locais, que teria configurado o DNS para outro local.


“Uma teoria atual é que o provedor da região foi comprometido, permitindo que os hackers pudessem apontado o domínio para outro lugar”, publicou o TechCrunch.

Além de trazer um mapa de Israel, a página exibia a seguinte mensagem: “Tio Google, viemos dizer oi da Palestina pra lembrar que o país no Google Map não se chama Israel, se chama Palestina”.

google-palestina

Comente!