Hackers do FBI podem ativar microfone de celulares com Android, diz WSJ

android-toy

De acordo com informações do Wall Street Journal, o FBI estaria fazendo o uso de “ferramentas de hackers” para obter informações sobre os suspeitos, incluindo um grampo em celulares Android.


Um ex-funcionário da agência de investigação explica que o FBI tem contratado pessoas com habilidade de hackers para a sua divisão cibernética, incluindo a compra de poderosas ferramentas que são capazes de ajudar na vigilância.

“O FBI desenvolveu algumas ferramentas de hacking internamente e comprou outras do setor privado. Com essa tecnologia, o departamento pode ativar remotamente o microfone que rodam o Android do Google para gravar conversas, disse um ex-funcionário da agência. Eles podem fazer o mesmo com microfones em laptops sem o usuário saber”, afirmou a publicação

Procurado pelo jornal americano, o Google se recusou a comentar sobre a publicação. O FBI também não confirmou as informações divulgadas pelo WSJ.

Comente!