Chromecast utiliza códigos da Google TV

chromecast-4

De acordo com o pessoal da GTV Hacker, que investigaram a fundo o Chromecast, eles identificaram que o dispositivo HDMI está mais próximo da Google TV do que o próprio Chrome OS, o que levanta questões sobre os próximos passos do Google.


“Nós tivemos um monte de discussão interna sobre isso e concluímos que ele é mais Android do que Chrome OS. Para ser mais específico, ele utiliza uma versão modificada da Google TV”, diz a publicação. “O bootloader, kernel, scripts de inicialização, binários, são todos da Google TV”.

Diferente da nomenclatura imposta ao dispositivo, o Chromecast pode ser tornar uma importante peça-chave para a Google TV ganhar mais espaço no mercado. A PC World, por sua vez, corrobora com a ideia ao sugerir que o mercado corporativo poderá adotar, massivamente, o produto em apresentações.

Diferente da Apple TV, o Chromecast é um produto multiplataforma e pode transmitir qualquer conteúdo que esteja sendo visualizado no Chrome. Caso esteja se perguntado sobre documentos do Office, o Google já andou testando um suporte nativo dentro do navegador.

Comente!