Engenheiro do Google acredita que a tecnologia nos tornará imortais dentro de 20 anos

ray-kurzweil

Em um discurso durante a conferência “Global Future 2045 World Congress”, Ray Kurzweil, diretor de engenharia do Google, afirmou que a expectativa de vida será continuamente ampliada se o ritmo da evolução da medicina se manter no mesmo ritmo.


Kurzweil disse ainda que os avanços da tecnologia médica poderiam permitir que os seres humanos se tornem imortais dentro de 20 anos.

“A expectativa de vida era de 20 anos há 1000 anos. Dobramos em 200 anos. Isso vai entrar em alta velocidade dentro de 10 e 20 anos a partir de agora, e provavelmente menos de 15 chegaremos a esse ponto de inflexão onde nós adicionamos mais tempo do que se passou por causa do progresso científico”, disse o Googler.

Kurzweil citou ainda avanços como a ideia de combinar células-tronco com impressoras 3D para permitir a substituição do tecido humano e do conceito de reprogramar a biologia.

“Já há tratamentos fantásticos para superar doenças cardíacas, câncer e qualquer outra doença neurológica com base nessa idéia de reprogramar o software”, disse Kurzweil.

“Estes são todos exemplos de tratamento de biologia como software. Estas tecnologias serão 1000 vezes mais poderosos do que eram há uma década. Estes serão 1000 vezes mais potentes até ao final da década. E um milhão de vezes mais poderoso nos últimos 20 anos”.

18 Replies to “Engenheiro do Google acredita que a tecnologia nos tornará imortais dentro de 20 anos

  1. Seria ótimo, nunca perder quem você gosta :D, mas por um lado quem você já perdeu D:

  2. Acho que o máximo que a ciência pode fazer e nos deixar com 120 anos, agora bem lá p/ futuro… daqui a alguns milhares de anos, talvez o homem consiga viver quase 1000 anos, mas este é o limite.

    1. @andresmith como assim cara? Como pode impor um limite desse? Ou você disse isto embasado em algum artigo ou qualquer outra coisa escrita?

    2. @andresmith 1000 anos é o limite? Acho que não. O limite é lá por volta dos 800 ou 900…

    3. @andresmith Você está se baseando no fato de “durabilidade da massa cerebral” ser aprox. 120 anos, mesmo a medicina tendo avançado para os órgãos de funcionamento do corpo humano, nosso desenvolvimento e estudos a respeito do cérebro estão indo bem devagar…

  3. Muuuuuita pretensão! Bora estudar genética, fisiologia, evolução e correlatas antes de sair falando bobagens!

  4. E se você acredita é problema seu. Esse é o problema, sempre querendo converter alguém… Aqui é TI brother…

Comente!