Google Buzz será encerrado (de vez) em 17 de julho

Google BuzzHá produtos que são lançados antes da hora e outros da maneira errada. Entre os que se enquadram no primeiro critério, eu coloco o Google Wave. Apesar de muitos criticarem o serviço que seria uma evolução do e-mail, quem realmente colocou a mão na massa e usou o serviço diariamente, certamente sente falta da dinâmica que somente o Wave proporcionava. Apesar da sua trágica morte, ao menos o Google soube aproveitar o que havia de melhor nele e incorporar a outros produtos e serviços da empresa.

Entre os que se enquadram no segundo critério, o primeiro que surge na minha cabeça é o Google Buzz. Isso mesmo, aquele serviço que foi adicionado ao Gmail com a finalidade de tornar o webmail um pouco mais social. O grande problema dele, na minha opinião, foi ter sido enfiado goela abaixo, sendo ativado por padrão a todos. Foi apenas uma questão de dias para haver um mimimi generalizado de que o Google estava fazendo a coisa errada. Eu usava e gostava do serviço, mas nunca deixei de concordar que a sua implementação não foi das mais felizes.


screen_shot_google_buzz_7g

Em outubro de 2011, o Google anunciou que o serviço seria encerrado e que os usuários teriam um período para baixarem o conteúdo gerado por lá. Ocorre que o tempo está se esgotando. Em um e-mail enviado aos usuários do Buzz, a gigante das buscas afirmas que, em 17 de julho, terá início o processo de eliminação definitiva do serviço. Segundo o Google, todas as conversas públicas e particulares serão armazenadas automaticamente no Google Drive e ficarão à disposição dos usuários.

Dois arquivos serão disponibilizados ao usuário. O primeiro deles conterá todas as postagens, sejam públicas ou privadas, e ficará disponível exclusivamente ao usuário. O segundo arquivo, contendo apenas as postagens públicas, ficará armazenado no Google Drive e acessível a qualquer usuário que tenha o link do arquivo. Segundo o Google, nenhum dos dois arquivos consumirá parte dos 15 GB do Gmail/Google Drive. Então, nada de mimimi. Além disso, o usuário poderá excluí-lo ou modificar as permissões de acesso quando bem entender.

Até a data, os usuários do serviço poderão visualizar e eliminar as suas postagens através deste link. Caso queira excluir definitivamente o Google Buzz e, assim, impedir a geração automática dos arquivos, poderá fazer isso através deste outro link.

One Reply to “Google Buzz será encerrado (de vez) em 17 de julho

Comente!