O Google+ poderá vir a ser maior que o Facebook?

12
106

google-plusNa revista INFO do mês de fevereiro de 2013, o jornalista Dagomir Marquezi praguejou: “O Facebook já cansou”. Ele comparou o Face àquele “bar que parou no tempo”,  que “Não serve a melhor bebida nem a melhor comida, a decoração é pobre os os garçons atendem mal. Mas vive lotado. Nem seu proprietário sabe explicar por quê.” Ele afirma que isso se deve à necessidade que temos de sermos aceitos na comunidade, no que o Face é imbatível.

Já em junho de 2011 da revista PC World aconselhava a migração para o Google+.


Em 26 de janeiro de 2013, a ZD Net vaticinou que a integração dos produtos Google com sua rede social, associado com os problemas de privacidade do Facebook estão fazendo o Google+ se tornar a segunda rede social do mundo e, possivelmente, a médio ou longo prazo, poderá até permitir que o Face seja ultrapassado em audiência e número de usuários ativos, o que hoje é impensável. É claro que isso não ocorrerá em menos de 5 ou 10 anos, mas poderá, sim, ocorrer.

Eu mesmo dou a mão à palmatória. Afinal, em março de 2012, eu escrevi aqui, no Googlediscovery, que a Google deveria comprar o Pinterest e incorporá-lo ao Google+. Foi um erro, grotesco. A verdade é que o Pinterest continuou a aumentar sua audiência e já conquistou USD$ 338 milhões em investimento de risco, mas o crescimento de usuários do Google+ parece não justificar a aquisição de mais esta rede social. Pelo menos não como rival direto do Facebook, mas para tentar fazer frente ao Instagran. De qualquer forma, hoje isto seria bastante discutível.

Ademais, ainda em 2013 veremos a chegada do Google Glass, que se for um sucesso de vendas, poderá influir, e muito, nos números da rede social da gigante das buscas. Mas isto já é assunto para outro post.

12 COMENTÁRIOS

  1. Eu li esta matéria… e a comparação com bar foi perfeita! Quando lançaram o G+, achei uma porcaria… Acredito que ainda precise de muitas melhorias, mas está muito melhor do que o Facebook… O Google Plus ainda não foi invadido por dois motivos: 1 – O medo do novo; 2 – “Os meus amigos não estão lá…”.. Quando as duas barreiras forem quebradas o crescimento do G+ será muito mais consistente!

  2. Finalmente um artigo inteligente e interessante no GD. No geral os artigos aqui são paráfrases de de outros sites.

  3. @delcastanher Do jeito que está atualmente, jamais passará o Facebook. É muito ruuuuim! Tenho conta lá e nunca entro.

  4. Eu só continuo usando o facebook, porque meus amigos só estão lá, mas desde o lançamento do G+ fiz a conta, e adorei, estou até hoje e cada vez mais viciado. O Google + é o Futuro sem dúvidas, só espero que no futuro não fique igual o facebook.

  5. Amigo, quando você chamou o facebook de “Face” pela segunda vez, eu parei de ler seu artigo.

  6. Eu sou fã do Google+ porém esta rede social é muito mais lenta na abertura de páginas e comunidades que a abertura das páginas e dos grupos no Facebook. A rapidez é algo que precisa melhorar no Google+.
     
    Além de que acredito que uma revisão no uso dos círculos no Google+ seria uma coisa muito boa. Círculos padrão com designação ºPessoas e ºPáginas é algo que faz muita falta, bem como a criação de subcírculos, permitindo que estes assumam uma funcionalidade como se de uma pasta/marcador se tratasse.

  7. G+ é muito mais simples, e menos poluído.
    O foco do G+ está realmente em socializar, já o Facebook, é “socializar para vender”, existe uma poluição visual nele que é incompreensível. A Timeline é uma exemplo disto.

    • @rafaeltds concordo meu caro. Porém no Google+ a socialização é um pouco deficiente pois aqueles círculos sem sub-círculos não permite uma boa organização.

  8. Apesar de ter mais usuários ativos que Twitter e com certeza superar o FB em bem menos que 5 anos, ultimamente eu tenho preferido assim: o povo lá no “face”… e a qualidade da minha stream no G+.

Comente!