Cientistas no Google querem um ambiente de trabalho ainda melhor

google-sao-paulo

Durante a semana passada, o Google foi eleito, pela revista Fortune, como a melhor empresa para se trabalhar na América. E, para que esse título continue a prosperar, há pessoas trabalhando dentro do buscador para tornar o ambiente interno ainda melhor.


“Nós tentamos trazer a análise de dados e ciência para o lado pessoa, assim como nossos engenheiros fazem junto aos nossos produtos”, diz Laszlo Bock, que lidera o Departamento de Operações Humanas – o RH na maioria das empresas.

“Quando um funcionário começa em seu primeiro dia, nós temos dados que diz que, se o gestor se faz presente e diz: ‘Oi, prazer em conhecê-lo, você está na minha equipe, vamos trabalhar juntos’ e faz algumas outras coisas, estas pessoas acabam 15% mais produtivos em nove meses”, afirma Bock.

E as melhorias não ficam apenas nas relações pessoais, a estrutura do escritório também deve permanecer produtiva. David Radcliffe, VP de Workplace Services do Google, é quem se encarrega de criar o ambiente perfeito, ou melhor, um “laboratório vivo” em suas palavras.

“É uma ótima idéia construir um edifício que nos permite experimentar coisas novas e descobrir o que funciona e o que não funciona. Nós descobrimos que 5 a 15 minutos de soneca funciona bem antes de assistir ao jogo de futebol no domingo, por que não aqui no trabalho?”, disse Radcliffe.

Assista ao vídeo abaixo para descobrir mais curiosidades que estão deixando os escritórios do Google ainda melhores para trabalhar:

One Reply to “Cientistas no Google querem um ambiente de trabalho ainda melhor

  1. Uma gestão moderna faz toda a diferença, valorizar o colaborador e equipe é algo tão valioso quanto um aumento.

Comente!