Novo diretor de engenharia do Google planeja construir um ‘amigo cibernético’

robo-amigo

Ray Kurzweil, novo diretor de engenharia do Google, também conhecido como um especialista em inteligência artificial, disse ao TechCrunch que quer construir um motor de busca tão sofisticado que poderia agir como um “amigo cibernético” que conhece melhor os usuários do que eles se conhecem.


“Eu imagino que, em alguns anos, a maioria das consultas de pesquisa serão respondidas sem que você realmente esteja pedindo”, disse ele em um encontro na Singularity University, uma universidade que funciona dentro da Nasa.

Kurzweil disse que Larry Page (CEO do Google) lhe ofereceu o cargo depois de saber da sua intenção de iniciar uma empresa para construir seu sonho de longa data: um computador de inteligência artificial.

“Por que você não faz isso aqui?” teria dito Page a ele. “O Google é bastante singular e fundamentalmente lida com linguagens”, explica Kurzweil sobre sua decisão de ir para o Google em vez de se aventurar por conta própria.

A linguagem, segundo o executivo, é a janela para criar um cérebro artificial genuíno, que pode entender o significado de idéias e conceitos. “Se você escreve um blog, você não está apenas criando um saco de palavras, você está criando algumas frases com sentido”, disse o novo diretor do Google.

“O Google tem acesso às coisas que você lê, o que você escreve, em seus e-mails ou posts e assim por diante, até mesmo as suas conversas, o que você ouve, o que você diz”, lembra Kurzweil ao dizer que a empresa poderia combinar essas informações com a soma de todo o conhecimento humano para criar uma espécie de melhor amigo.

One Reply to “Novo diretor de engenharia do Google planeja construir um ‘amigo cibernético’

Comente!