Google Niantic Project quer explorar o futuro da computação ubíqua

De acordo com o John Hanke, vice-presidente de Gestão de Produtos no Google, a computação ubíqua será um dos próximos grandes projetos que a gigante de Mountain View planeja adentrar, tanto em sua plataforma mobile quanto nos óculos inteligentes.

Para fazer avanços no conceito, o Google criou um grupo chamado “Niantic Project“, um laboratório que explora experimentos com aplicações sociais, locais e móveis; e já criou o aplicativo Field Trip, lançado no último mês de setembro mas não disponível para o Brasil.


Segundo o executivo, a principal tarefa do projeto está em criar uma visão de futuro para a computação ubíqua. “A ideia é que os dispositivos de computação vão desaparecer do primeiro plano e você ficará com o benefício da computação, que é a informação e atividades”, disse Hanke em entrevista ao Mercury News.

“Esse é um tipo de uma nova fronteira – descobrir o que é apropriado para que seus aplicativos funcionem de forma proativa ao falar com você. Não é para todo mundo. Você poderá ter a experiência completa sem nunca tirar o telefone de seu bolso”.

Para aproveitar a curiosidade das pessoas quanto ao futuro da tecnologia, o Google lançou um vídeo-viral que lança luz sobre as descobertas inesperadas e questiona o público sobre o que seria o “Niantic Project”.

“Um fluxo de informação fez o seu caminho. Eu percebi que há mais coisas neste mundo do que nós realmente podemos ver. Eu tenho muitas perguntas, mas uma continua a aparecer: o que é o Niantic Project?”, descreve o intrigante vídeo (que pode ser assistido abaixo).

3 Replies to “Google Niantic Project quer explorar o futuro da computação ubíqua

  1. O que será que a Google está aprontando? É bem misteriosa essa página do Niantic.

  2. Não deu pra entender bem o proposito,mas esse Field trip,pelo que vi,pareceu muito bem feito,e útil!

  3. Aguardando ansiosamente  pela liberação do Ingress…
    Seja la o que o “Projeto Niantic” quiser, vou apoiar, precisamos de inovações!

Comente!