Irã desbloqueia Gmail após queixas do próprio governo

De acordo com a Reuters, as autoridades iranianas voltaram a permitir que os usuários possam acessar normalmente o serviço de e-mail do Google, o Gmail, após queixas no parlamento.

“O conselho sobre filtro de Internet comunicou sua ordem ao ministro das Telecomunicações, considerando a suspensão do banimento ao serviço GMail”, disse Mohammad Reza Aghamiri, um dos membros do comitê, à agência de notícias Mehr.


Aghamiri também disse à agência de notícias a proibição do Gmail foi uma consequência “não intencional” do bloqueio ocorrido ao YouTube – ainda ligado ao vídeo anti-islã postado há algumas semanas e que causou alvoroço entre os muçulmanos.

4 comments
  1. Ao bloquear o GMail todo a infraestrutura do Estado iraniano deve ter parado. Devia todo mundo usar o GMail… kkkkk Tiveram que revogar às pressas.
     
    Se eu fosse a Google eu bloquearia era o Irã de acessar o GMail…

  2. @erikebenavraham não sei se o Google é, mas barrar qquer site só pode ser coisa de besta mesmo.

You May Also Like