Google esclarece oposição a parceria entre Acer e Alibaba

Embora a história entre Acer e Alibaba já tenha alimentado dezenas de artigos pela web, o jornal Wall Street Journal recebeu somente hoje um esclarecimento do Google sobre o assunto.

Um porta-voz afirmou que o buscador contestou o dispositivo da Acer porque o Aliyun é uma versão “não-compatível” do Android, o que significa que o Alibaba supostamente teria criado o software a partir do Android e feito alterações não permitidas.


Em seu comunicado, o Google disse que Acer – assim como outros fabricantes de hardware que utilizam o Android para dispositivos móveis – estão “empenhados em construir uma plataforma Android e não para produzir dispositivos não-compatíveis.”

Em resposta as declarações da gigante de Mountain View, John Spelich, vice-presidente do Alibaba para assuntos corporativos internacionais, disse que o “Aliyun OS não é parte do ecossistema Android então não tem que ser compatível”.

Spelich ainda acrescentou: “É irônico uma empresa que fala livremente sobre abertura e está defendendo um ecossistema fechado.”

Consultado novamente pelo WSJ, um executivo do Google, que não foi identificado pela reportagem, fez um segundo comentário sobre a questão:

“Compatibilidade está no coração do ecossistema Android e garante uma experiência consistente para desenvolvedores, fabricantes e consumidores”, disse o porta-voz. “Versões não compatíveis do Android, como Aliyun, enfraquecem o ecossistema.”

Atualização: Andy Rubin, executivo responsável pelo Android, emitiu uma nota através de seu perfil no Google+:

“Ficamos surpresos ao ler uma declaração de Zeng Ming, Chefe de Estratégia da Alibaba, que diz: “queremos ser o Android da China”, quando na verdade o sistema operacional Aliyun incorpora o runtime do Android e aparentemente foi derivado do Android.

Com base em nossa análise dos aplicativos disponíveis em http://apps.aliyun.com, a plataforma tenta, mas não consegue ser compatível.

É fácil ser um Android compatível, a OHA fornece todas as ferramentas e detalhes sobre como fazê-lo. Confira neste blog como pensamos sobre compatibilidade e como se relaciona com o ecossistema que trabalhamos duro para construir”.

Atualização 2: Andy Rubin fez um novo comentário no Google+:

“Hey John Spelich, nós concordamos que o Aliyun OS não é parte do ecossistema Android e você está sob nenhuma obrigação de ser compatível.

No entanto, o fato é que o runtime do Aliyun usa a estrutura e ferramentas do Android. E a sua loja de aplicativos contém apps do Android (incluindo aplicativos piratas do Google). Então não há realmente nenhuma dúvida de que Aliyun é baseado na plataforma Android e tira proveito de todo o trabalho duro que fizemos na plataforma pela OHA.

Então, se você quiser se beneficiar do ecossistema Android, pode fazer a escolha de ser compatível. É fácil, grátis, e nós vamos ajudá-lo. Mas se você não quiser ser compatível, então não espere ajuda de membros da OHA que estão todos trabalhando para apoiar e construir um ecossistema Android unificado”.

Loading comments...