Google Brasil vence ação contra a Xuxa

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) isentou hoje os sites de buscas, incluindo o Google, sobre qualquer responsabilidade pelo conteúdo indexado e publicado em suas ferramentas.

Em ação protocolada em 2010, a apresentadora pedia que o Google não mostrasse qualquer link relacionado as palavras “pornografia” e “pedofilia” que poderiam levar ao filme “Amor Estranho Amor”, de 1979, em que ela aparece tendo relações com um garoto de 12 anos.


Em entrevista ao Tecnoblog, diretora jurídica do Google no Brasil, Fabiana Siviero, comentou a decisão da justiça brasileira:

“Entendemos que não é possível bloquear os conteúdos relacionados à Xuxa. O nadador de mesmo nome, por exemplo, entraria nessa proibição. Trata-se de uma inviabilidade técnica em âmbito mundial”, disse Fabiana. “Não existe essa coisa de sair da internet”.

Já o advogado de Xuxa, Maurício Lopes, disse à Revista Veja que o embate entre a apresentadora e o Google está apenas começando.

3 Replies to “Google Brasil vence ação contra a Xuxa

  1. Vai se ferrar XUXA! faz filme de putaria e agora que dá uma de santinha. Dá a cara pra bater e assuma seu passado negro!

  2. Nobre seria a atitude de assumir a pessoa que era e agora admitir a mudanca para uma pessoa mais madura

Comente!