Google não infringiu patentes da Oracle

Um júri da Califórnia, nos Estados Unidos, decidiu nesta quarta-feira que o Google não infringiu qualquer patente da Oracle ao desenvolver sua plataforma móvel, o Android.

Na decisão do Tribunal Distrital, o júri contestou as seis reivindicações da Oracle que alegavam uma suposta quebra de patentes do Java pelo Google.


O veredito é uma vitória para o buscador e marca o fim da segunda fase do julgamento. Após a decisão, uma terceira fase – centrada em danos – foi cancelada.

“O veredito do júri de que o Android não viola patentes da Oracle foi uma vitória não apenas para o Google mas para o ecossistema inteiro do Android”, disse o Google em um comunicado.

You May Also Like