Ecad suspende cobrança aos vídeos do YouTube e alega ‘erro operacional’

Poucas horas após o Google Brasil emitir uma nota pública sobre uma cobrança indevida do Ecad – que tentava cobrar direitos autorais de vídeos incorporados em sites/blogs – a entidade comunicou a imprensa de que o fato já estaria sendo reavaliado.

“O Ecad nunca teve a intenção de cercear a liberdade na internet, reconhecidamente um espaço voltado à informação, à difusão de músicas e demais obras criativas e à propagação de ideias. A instituição também não possui estratégia de cobrança de direitos autorais voltada a vídeos embedados”, menciona a nota pública de comunicação.


“Explica que, desde 29 de fevereiro, as cobranças de webcasting estavam sendo reavaliadas e que o caso noticiado nos últimos dias ocorreu antes disso. Mesmo assim, decorreu de um erro de interpretação operacional, que representa fato isolado no universo do segmento”.

A entidade também confirmou o acordo com o Google mas declara que existe a possibilidade “do Ecad fazer a cobrança das músicas provenientes de vídeos embedados desde que haja notificação prévia ao Google/Youtube”, algo que não teria acontecido, segundo o próprio escritório.

De acordo com Lauro Jardim, blogueiro da Revista Veja, a decisão de cobrar os vídeos do YouTube não contou com o apoio de nenhuma das grandes gravadoras instaladas no Brasil. “Elas já enviaram uma carta ao Ecad com essa unânime posição”, escreveu em seu blog.

10 Replies to “Ecad suspende cobrança aos vídeos do YouTube e alega ‘erro operacional’

  1. É aquele negócio do “se colar-colou”. A mentalidade de comodismo tipicamente brasileira está mudando. As pessoas não deixam mais certas coisas passarem em branco. Metem a boca no trombone, ou melhor, na rede e logo isso ecoa feito o vento. As maiores interessadas nisso tudo, as gravadoras, já aprenderam a lição e estão deixando certas coisas passarem despercebidas. O Ecad ainda não tinha aprendido a lição, mas talvez tenha isso agora mude.

  2. ‘Erro operacional’ is the new ‘falta de vergonha na cara’! Se a moda pegar vai ser um tal de deputados, ministros e senadores alegando ‘erro operacional’, hein gente?!?!

  3. @GoogleDiscovery HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAH(…)!!

  4. Ecad Lixo! Na minha região os caras são corruptos e ladrões! ECAD LIXO! Como pode isto existir até hoje?

Comente!