Pentágono aprova Android para o Departamento de Defesa

De acordo com o blog 9to5google, o Pentágono certificou um dispositivo com Android 2.2 para uso em redes do Departamento de Defesa, que seria o primeiro smartphone – além do BlackBerry, da RIM – a receber uma aprovação.


Para operar em redes militares, a Agência das Comunicações da Defesa dos EUA procura desenvolver diretrizes especiais para a plataforma em cooperação com o Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia, o Inmetro americano.

Uma das alterações está no acesso restrito a Android Market devido a “razões de segurança”. No entanto, o Departamento de Defesa está preparando uma loja de aplicativos própria, com aplicativos certificados e seguros.

Teri Takai, chefe do Departamento de Defesa e Informação, comentou os planos do órgão: “Queremos uma gama completa de dispositivos capazes de operar de forma segura com a loja de aplicativos do Departamento de Defesa, mas também serem capazes de utilizar lojas de aplicativos comerciais”.

Atualmente cerca de 650 mil BlackBerrys estão em uso entre os funcionários do governo dos EUA.

8 Replies to “Pentágono aprova Android para o Departamento de Defesa

  1. o problema são as vulnerabilidades que eu vivo escutando que o android tem

    1. vulnerabilidades ou marketing negativo para reduzir o crescimento da plataforma do Google?

      1. direto o olhar digital fala que o android ta cada vez mais vulneravel a malwares, mas eu não tenho nada contra, ate prefiro o android, só me falta o dinheiro pra comprar…

        1. Como o próprio Google disse sobre essas notícias: são charlatões. Não existe vírus para Android. :)

          O que pode acontecer é você baixar algum aplicativo malicioso. A recomendação é sempre ler os reviews, verificar se o desenvolvedor é confiável. Exatamente o que você faz hoje na internet.

        2. Virus/Malware/Trojan de Android ou de qualquer plataforma esta sempre relacionado com o mal uso do usuario, se você decidir por sua conta em risco baixar um APK, ou um SRC (Windows) em um site digamos russo muito estranho você provavelmente sera avisado pelo sistema operacional que esta fazendo besteiro, e se mesmo assim aceitar. Bom, bem feito para você!

          De modo que queira comparar com o iOS o site que fazia um Jailbreak diretamente pelo browser claramente é considerado uma vunerabilidade e instalava de forma ilegal coisas no aparelho. =)

          *O Olhar Digital não é capaz de diferenciar Pirataria de Compartilhando, hunf!

          1. Pirata (Wiki) – Um pirata (do grego πειρατής, derivado de πειράω "tentar, assaltar", pelo latim e italiano pirata) é um marginal que, de forma autônoma ou organizado em grupos, cruza os mares só com o fito de promover saques e pilhagem a navios e a cidades para obter riquezas e poder.

            A palavra compartilhar não combina com pirataria amigo, se liga.

Comente!