Google Shopping estreia no Brasil

16
1055

O Google Shopping, a ferramenta de comparação de preços do Google, finalmente desembarcou no Brasil e oferece um modo fácil e rápido para encontrar e adquirir produtos na web.

“O Google Shopping tem mais de 1 bilhão de itens em sua base”, explicou Lucia Tahara Le Menn, gerente de parcerias estratégicas para varejo do Google. “A tecnologia do Google Shopping agora está disponível para o Brasil e adaptada, sendo o único lugar do mundo onde o usuário pode consultar também o preço parcelado de cada produto que procura”.


Ao realizar uma pesquisa no Shopping, o comprador recebe resultados relevantes sobre o que procura, incluindo fotos, resenhas e preços, além do local onde ele pode adquiri-lo. Há também refinamentos por itens novos, preços ou lojas específicas.

Para os varejistas, o Google oferece diversos meios para que seus produtos possam ser listados na ferramenta, sendo este por feed de dados ou através da Google Content API for Shopping, criada para desenvolvedores que desejam integrar seus aplicativos ao Google Merchant Center.

“A inclusão de produtos é totalmente gratuita. Não há cobrança pelo upload de seus itens nem pelo tráfego adicional recebido. Seus produtos serão exibidos no Google Shopping e talvez no Google.com.br, dependendo da relevância de seu item”, mencionou a empresa.

16 COMENTÁRIOS

  1. Mas que beleza isso aí!
    Agora será que ele vai quebrar as empresas de comparação de preço tipo Buscapé, Bondfaro? Que na verdade acho que são mesma emrpesa né?
    Eu achei muito legal até eles pensarem na exibição das parcelas, porque eu acho que esse tipo de venda só existe aqui no Brasil, por incrível que pareça!!!
    =]

    • Se a API de consulta for gratuíta, igual ao sistema de pesquisa de vôos, acredito que seja uma competição quase justa.

  2. Bom … bom.
    Só faltou mesmo corrigir um problema que as concorrentes(buscapé da vida) também têm: permitir obrigar às lojas a imbutirem a disponibilidade dos produtos. Porque fica cheio de produto que você vê lá o preço aí entra no link da loja e ele tá indisponível na verdade.

    Também tá faltando autorizarem agora o app do android para poder ser instalado no Brasil.

  3. Amei!!Execelente conquista!!Quem ganha com isso somos nós.Preços ótimos e de qualidade!!!Espero que as lojas colaborem,disponibilizando os produtos, para o sucesso do site.Bjs.

  4. O antigo Froogle foi remodelado e agora chama-se Google Shopping apenas. Um forte concorrente para Buscapé e afins. E tivesse opções de inserir produtos, quem sabe não seria para o MercadoLivre e outros também.

  5. O Google Shopping é bom para o consumidor e bom para o lojista. Minha loja está hospedada há 1 ano no UOL, e se eu quiser exibir meus produtos no Shopping UOL tenho que pagar… e caro. Eles nunca me ofereceram anúncios grátis, mesmo eu pagando a hospedagem. Parabéns ao Google e à sua equipe pela iniciativa!

Comente!