Google Buzz, Jaiku e Code Search serão descontinuados

28
93

O Google anunciou nesta sexta-feira que planeja desativar mais um onda serviços para focar seus trabalhos em projetos de maior prioridade, como o Google+, Chrome, Android e outros.

O novo cronograma de desativações chega para complementar outros desligamentos recentes, como o clássico Google Labs, Google Health, PowerMeter e os serviços (e aplicativos) da Slide.


Entre os produtos e recursos a serem desativados desta vez estão o Google Buzz e sua API; Jaiku; os elementos sociais da página personalizada iGoogle; o mecanismo de pesquisa do Code Search (e API); e a pesquisa especializada para universidades do Google search.

A gigante de Mountain View também aproveitou para anunciar que o serviço Boutiques.com e Like.com serão substituídos pelo Google Product Search.

“Para mudar o mundo é preciso foco no futuro e honestidade sobre o passado. Nós aprendemos muito com produtos como o Buzz e estamos colocando este aprendizado em nossa visão para produtos como o Google+. Nossos usuários esperam grandes coisas de nós e nosso anúncio de hoje permite que tenhamos foco para entregar algo verdadeiramente impressionante”, disse Bradley Horowitz, Vice-Presidente de Produto.

28 COMENTÁRIOS

  1. Ahhhhh… :-(

    No Google Code Search também ta incluso o Google Code Project Hosting? Não seria legal descontinuar o hospedador de projetos, gosto muito dele, mas a Google fez bem em descontinuar esses produtos que praticamente ninguém usa, como o Buzz e o iGoogle…

  2. Alguém pode me explicar porque ainda existe o Google Videos? :D
    Não seria mais prático centralizar a busca na plataforma do Youtube e deixar de desperdiçar esforços em outro produto similar?

    Espero que eles foquem também no Chromium, mas que permitam suporte a aplicativos Windows 32/64 bits.
    É triste usar o Windows, mas também não me adapto ao Mac OS e ao Linux.

    • O Google Videos como serviço de uploads não existe mais. Atualmente ele é só um motor de busca de vídeos, parte do Google Search, e existe porque não busca só no Youtube, mas em várias fontes. Quanto aos vídeos que foram enviados para lá, acho que serão migrados para o Youtube em breve (isso pode ser feito, hoje, manualmente pelo dono do vídeo).

      Já quanto ao seu problema com sistema operacional, recomendo uma coisa: não aposte suas fichas em suporte a aplicativos Windows nos Chromebooks. Não é a premissa dele e provavelmente não será possível. Com o Wine no Linux, hoje, é possível rodar muitas aplicações do Windows, incluindo MS Office e alguns famosos, mas muitas simplesmente não funcionam. Não acho que o Google se arriscaria a colocar um produto nesse estado no SO deles. Como usuário do Ubuntu (Linux), uso Wine de vem em nunca para rodar um ou outro programa que faz uma tarefa bem específica e, geralmente, pouco comum. Coisas como comprimir ISOs de jogos de PSP ou dividir arquivos do 7zip. Para todo o resto, o próprio SO tem tudo o que eu preciso e uso.

      Você disse que já tentou o Linux, talvez seja bom tentar o Ubuntu (caso não o conheça ou tenha visto uma versão antiga dele). O Chrome OS é baseado nele, sabia? ;P

      • Obrigado pela resposta amigo. Sim, eu sei do Google Videos como busca, incluindo outras fontes. Meu questionamento é a respeito do Videos como hosting. Mas você já deu a resposta… não é possível mais subir diretamente nele, e a migração está sendo gradativa ;)

        Quanto ao Ubuntu, foi justamente o que experimentei. O problema deste SO pra mim é que, pelo menos na época, não suportava ferramentas gráficas como o Photoshop, Flash, Premiere, etc., suporte ao pacote Office e também ao monte de aplicativos que utilizo diariamente, além dos games.

        Para mim, estas são as maiores dificuldades para trocar de SO. Ou seja, a dependência gerada pela MS.

        • Ah, entendo. Muita gente costuma recomendar gambiarras com o Wine e outras maluquices, que eu acho uma péssima ideia quando você tá tentando tirar alguém de um sistema justamente por causa dos problemas dele.

          Eu costumo ser honesto quando recomendo o meu SO pra alguém. Eu não uso os programas que você mencionou e uso pouco ferramentas de escritório. Para o que eu uso, o Google Docs, o Libre Office e, eventualmente, o MS Office Online resolvem. Para jogar, eu uso meu PS2 mesmo lá da sala e meus portáteis. Nunca fui fã de jogar no computador, nem na era Windows, rsrs. Se eu vejo que a pessoa realmente usa esse tipo de ferramenta que você usa no computador e joga jogos pra Windows, eu prefiro dizer a ela que a melhor alternativa é o ter os dois sistemas ao mesmo tempo. Dessa forma ela entraria no Ubuntu quando vai apenas acessar a internet, bater papo ou assistir algo (nos casos que encontrei, 90% das vezes) entre vários outros casos e liga no Windows quando não for (quanto ao Office, dá pra usar pelo Linux mesmo, no Wine). Pra quem tem muita memória, máquina virtual também é uma opção bem legal e que funciona muito bem, e ainda traz vantagens como snapshots, pausa, sandboxing etc.

          A Adobe disse estar considerando versões Linux da suite dela, mas eu não apostaria nisso se fosse você, rsrs.

  3. Fico triste pela descontinuidade do buzz e do jaiku..
    Sempre fiquei na torcida pelo jaiku ser integrado ao layout do orkut, e mostrar a todos q o jaiku poderia desbancar o twitter rapidamente..da mesma forma q o Twitter fez com as outras redes sociais..

    é uma pena

    • O que vejo, AINDA, é que todas estas ferramentas poderiam estar integradas facilmente no Chromium, pensando como um SO voltado para funcionamento em Cloud e totalmente integrado com as ferramentas sociais, além é claro das corporativas.

      Cheguei a comentar sobre isso num artigo sobre a mote do Google Wave, que acho que vem bem a calhar nesse momento ;)
      http://webinsider.uol.com.br/2010/08/06/a-morte-d
      (é mais fácil do que postar tudo de novo num comentário heheehe)

Comente!