O poder dos termos de uso e privacidade

A arte da Folha Online, ilustrada abaixo, mostra que os termos de uso possuem mais de 160 mil caracteres de regras, algo equivalente a obra de Gabriel García Márquez, a “Crônica de uma Morte Anunciada”.

O jornal também destaca, em uma matéria especial, as letras miúdas dos termos de uso e política de privacidade das redes sociais, incluindo Facebook, Twitter, Orkut e Google+; que permitem as empresas a utilizarem o conteúdo e informações pessoais para intervenções adversas, inclusive publicitárias.


No caso do Orkut, a publicação relembra uma funcionalidade da rede social que permitia que os usuários pudessem visualizar os últimos visitantes em seu perfil. Embora tenha sido um sucesso, muitos se sentiram aborrecidos com a funcionalidade após terem seus perfis revelados ao público em geral.

“Temos um compromisso com a transparência, e o recurso foi introduzido nesse sentido. O usuário poderia ativar ou desativar essa funcionalidade quando quisesse”, disse Felix Ximenes, diretor de comunicação e políticas públicas do Google Brasil.

One Reply to “O poder dos termos de uso e privacidade

  1. E não é uma leitura agradável, diga-se de passagem!
    Será que alguém que não seja advogado, que não mantenha parcerias ou não queira processar estas empresa… JÁ LEU ISSO TUDO? :-0

Comente!