Steve Jobs deixa o cargo de CEO da Apple

Um dia triste para os fãs da Maçã. Steve Jobs, fundador da Apple, renunciou nesta quarta-feira como presidente-executivo, encerrando, desta forma, um trabalho de 14 anos no qual pôde tirar a empresa da falência e torná-la a mais valiosa do mundo.

Em nota oficial, a Apple divulgou que Jobs irá se manter nas atividades diárias da empresa assumindo o posto de presidente do Conselho de Administração da Apple. Para o cargo de CEO, a companhia anunciou que o vice-presidente operacional Tim Cook foi escalado para assumir a posição.


Leia a carta de renúncia de Steve Jobs (tradução: Reuters)

Ao Conselho Diretor da Apple e à Comunidade Apple:

Eu sempre disse que, se houvesse um dia em que eu não pudesse mais cumprir meus deveres e atender às expectativas como presidente-executivo da Apple, eu seria o primeiro a informá-lo. Infelizmente, esse dia chegou.

Por meio desta, renuncio do cargo de presidente-executivo da Apple. Gostaria de servir, caso o Conselho o aprove, como presidente do Conselho da Apple, diretor e funcionário da Apple.

Quanto ao meu sucessor, recomendo fortemente que executemos nosso plano de sucessão com a nomeação de Tim Cook como presidente-executivo da Apple.

Acredito que a Apple está à frente de seus dias mais brilhantes e inovadores. E estou ansioso para observar e contribuir para seu sucesso no meu novo posto.

Fiz alguns dos melhores amigos da minha vida na Apple, e agradeço a todos vocês pelos muitos anos nos quais pude trabalhar ao seu lado.

Após a renúncia, as ações da Apple chegaram a cair 7% no after-market, uma queda de US$22.68 bilhões no valor de mercado.

6 Replies to “Steve Jobs deixa o cargo de CEO da Apple

  1. Ganha um lugar de respeito ao lado do Bill Gates, como um dos grandes nomes que revolucionou e popularizou a informática doméstica.

  2. Que pena, o estranho é que mesmo renunciando o cargo ele quer continuar a trabalhar na empresa, não é como Bill Gates fez, sendo sincero, ele não fazia praticamente nada sendo CEO da Apple, deveria continuar, estranho isso…

    1. A única coisa que um CEO *não* faz é nada. Tudo é cobrado dele, todos especulam sobre sua vida, ele carrega uma grande responsabilidade sobre todas as coisas que acontecem na empresa.

      Na idade e, principalmente, no estado de saúde em que o Jobs se encontra, ele não aguenta mais isso. :)

  3. Um gênio do business que fechou com chave de ouro sua carreira, quando após ser demitido da própria empresa que havia criado, foi chamado de volta e reinventou a empresa mais valiosa do mundo!
    Acho que ele quis sair por causa da saúde dele, que não está muito boa.
    Mas como gosta de lá, pediu esse novo cargo!
    =] Tomara que fique tudo bem!

Comente!