Google questiona queda nos números do Google+

Em um relatório publicado na semana passada, a empresa de pesquisa Hitwise Experian agitou o mercado das redes sociais ao afirmar que o Google+, o novo serviço social de Mountain View, estaria apresentando os primeiros sinais de desaceleração.

Além de uma redução no tempo de visita ao site, caindo de 5 minutos e 50 segundos para 5 minutos e 15 segundos, ou seja, 10% a menos, os dados da Hitwise teriam mostrado um decréscimo de 3% na visitação. caindo de 1.860.000 visitas para 1.790.000 na semana que que terminou em 23 de julho.


Em resposta ao polêmico relatório, o Google alertou que os números são baseados em visitantes e não o número de usuários reais.

A gigante da internet também disse que métricas de terceiros não contabilizam dois modos de interação críticos, como o uso de celulares e uso de barra de navegação, em que os membros interagem com Google+ de outros produtos do Google, como o menu drop-down dentro do Gmail.

21 Replies to “Google questiona queda nos números do Google+

  1. Mas qualquer um percebe que deu uma desacelerada mesmo…o Google deveria ter deixado pra lançar o G+ depois que já tivesse pensado em como ele seria integrado aos demais serviços, ao invés de tentar trocar a corrente com a bicicleta andando, como está fazendo agora. Ainda faltam vários serviços, várias integrações (até eu, que sou leigo, já pensei em inúmeras possibilidades de integração com os demais serviços, que ainda não existem) e, enquanto as pessoas aguardam por elas, não há porque deixarem o Facebook, onde todos os amigos estão.

      1. Ele ainda não foi lançado. É uma plataforma em testes e fechada por convites. hehehe

          1. Esse papo de fechado para convites não me convence, não conheço ninguém que não queria entrar no G+ que não tenha conseguido. Se vocês olharem até hoje o Orkut está em Beta, pô, na boa, o G+ deveria pelo menos ser integrado ao Twitter, eles que se virem para negociar co a galera do passarinho azul…

          2. Acho que tão importante quanto fazer bem feito o seu produto é saber lançá-lo.
            E o Google não tem sido muito bom nisso. Parece não saber o tempo certo para o lançamento nem tampouco usar a correta ação de marketing.
            Quando a Apple lança alguma coisa, essa coisa fica sendo o centro das atenções por várias semanas ou meses. Já o Google lançou o G+, ele foi comentado um pouco e agora nem está sendo tanto mais. Tinha tudo pra chegar arrasando, pois as possibilidades de inovações usando os outros serviços do Google são infinitas. Mas eles preferiram lançar algo que ainda está no "arroz com feijão" e nem se diferencia tanto assim do Facebook. Agora o FB está tendo tempo para se mexer, estudar o oponente e se defender por antecipação. Se o G+ já tivesse surgido com várias inocações, várias integrações já prontas com todo o mundo Google, e aberto a todo mundo, tenho certeza que estaria bombando.
            Quando o G+ surgiu, eu pensei: "caramba, que louco! Imagina isso integrado a todo o restante do Google…vai desbancar o FB!", e comecei a torcer pelo G+.
            Cheguei a formular um palpite que me rendeu o título de louco por parte de alguns amigos: "O G+ não só vai superar o FB, como também vai fazer com que o Picasa supere o Flickr, o Buzz supere o Twitter e o GTalk supere o MSN". E eu acho que isso realmente poderia acontecer, se o Google souber usar com inteligência todos os seus recursos e serviços integrados ao G+.
            Mas o pontapé inicial, a meu ver, foi meio torto…

          3. Nem sempre, veja o Ping da Apple. Também não deu certo.

          4. Concordo com o Luvialca e discordo do Rene. Acho que a google necessitava demais em lançar uma rede social pra concorrer com o FB e também levar a google ao mercado "SOCIAL" porém.Eles lançam um projeto desse pra testes tem seu lado bom e ruim. O bom é que eles podem testar com ajuda dos usuarios e então descobrir o que melhorar.Porém ao mesmo tempo dão margem ao facebook pra este também melhorar o suficiente para manter sua base e até mesmo tornar enjoativo o uso do g+.Bom se a google fizesse o que a apple faz,cria-se um alarde em torno do projeto mas não fizesse essa "PUTARIA" de BETA que é o google+ creio que quando fosse lançado em versão full depois de um grande alarde seria maginifico e atrairia muito mais atenção. Porém todo mundo consegue convite pro g+ ,todo mundo. E o g+ acaba virando um segundo orkut na minha opiniao.

    1. A maioria dos usuários pensa como você. O Google+ tem tudo para fracassar.

  2. Enquanto não tirarem a limitação ridícula de não poder instalar o app no iPod touch, o G+ nunca vai se tornar uma rede relevante pra mim.

  3. Eu não percebi esta dessacelerada. As pessoas nos meus ciruclos continuam usando ativamente. Até demais.
    Isso deve ser mais uma propaganda diflamatoria que o Facebook comprou.

  4. Eu não curti tanto assim o Google+… Pelo enxame que a Google fez ao anunciar essa rede social, eu esperava coisa melhor… Coisa que apesar da Google ter potencial para fazer, ela não fez.
    Então, acho melhor a Google continuar comprando "o que já existe e e já faz sucesso". Ela ganharia mais.

    1. Não sei se você entrou no início do Twitter mas você provavelmente também diria que aquilo jamais teria futuro.

    2. Rene ti tem que avaliar de forma fria seus comentários.Ti gosta muito do google e não consegue perceber o óbvio. Vamos analisar de forma fria.Quantos fracassos a google teve por anunciar antes do tempo e as vezes sem permissão do usuario: BUZZ,WAVE…e por ai vai… O twitter foi só uma tentativa que deu futuro.

    1. É difícil falar algo assim de um projeto que está fechado e com 20 milhões de usuários em um mês de existência.

      1. 20 MILHÕES CONTRA 750 MILHÕES BASTANTE DIFERENÇA NÃO? Creio que o google até caminha bem nesse projeto mas foi lançado a mais de um mês.E continua igual,nada novo.Melhorias,mas não tanto substancias. Veja o facebook lançou o chat,porém não anunciou antes de estar pronto,ta dando certo?Tá conheço muita gente que usa.Porquê? Porque foi lançado da forma certa,melhorias no perfil,tudo tem que ser feito no tempo certo de ser feito.

  5. O Gmail foi lançado da mesma forma que o G+ e deu certo e acredito que o G+ seguirá o mesmo ritmo quando for aberto a todos com algumas pequenas correções

Comente!