As várias faces do Google Earth

Este artigo foi escrito em parceria com a Equipe do Google Earth, com o objetivo de levar, aos usuários do GE, todas as novidades e funcionalidades deste magnífico serviço do Google.

Nos artigos anteriores, além da nova página do Google Earth, vocês puderam conhecer recursos pouco divulgados do serviço, como a possibilidade de navegar pelo Street View por dentro do GE, a visualização de imagens históricas e, claro, a possibilidade de ver as relíquias do fundo do mar em 3D, sem sair da frente do computador. Mas o GEarth não se restringe a estas features. Abordaremos, no artigo de hoje, o sensacional simulador de voo embutido no Google Earth, a possibilidade de se visualizar o mundo em 3D por dentro do GMaps, além do incrível passeio que os usuários podem fazer pela Lua, Marte e pelo céu.


Simulador de voo

Diferente de todas as demais funcionalidade do Google Earth, o simulador de voo permite, aos usuários, sobrevoarem todo o globo terrestre como se estivessem, de fato, em um avião. Para iniciar a aplicação, basta acessar Ferramentas e Entrar no simulador de voo. Os atalhos de teclado Ctrl + Alt + A (Windows) e Cmd + Option + A (Mac OS) também funcionam.

Uma vez selecionado, o simulador exibirá uma tela na qual os usuários poderão escolher entre dois tipos de aeronaves (um caça F-16 e um teco-teco SR22). Ainda na mesma tela, os usuários deverão selecionar de onde o voo partirá. Pode-se definir a localização atual do Google Earth, ou selecionar um dos 28 aeroportos disponíveis no sistema.

Caso tenha selecionado a opção de iniciar a partir da visualização atual, o simulador será carregado com o avião em pleno voo. Se tiver escolhido um dos aeroportos, o avião escolhido será exibido na pista de decolagem, apenas no aguardo dos comandos do piloto.

Para decolar, primeiro pressione a tecla Page Up para aumentar a propulsão e mover a aeronave pela pista. Depois que o avião estiver em movimento, mova o mouse ou o joystick levemente para baixo. Com velocidade suficiente, você decola. Para mudar a direção ou a inclinação da aeronave, faça pequenos movimentos com o mouse ou joystick. Cuidado com as correções em excesso. Depois que as asas estiverem niveladas, centralize o mouse ou joystick. Para olhar ao redor, pressione as teclas de seta + Alt (lento) ou seta + Ctrl (rápido). As teclas direcionais do teclado também permitem guiar os aviões.

Pousar o avião é um pouco mais complicado e requer alguma prática. Para pousá-lo, aproxime-se da pista de decolagem ou área plana adequada, pressione Page Down para reduzir a propulsão e desacelerar a aeronave, pressione G para baixar o trem de pouso, pressione F para aumentar a configuração do flape. Isto diminui a velocidade da aeronave. Depois da aterrissagem, use os freios das rodas para reduzir a velocidade da aeronave. Pressione a tecla de vírgula (,) para aplicar o freio da roda esquerda; pressione ponto (.) para aplicar o freio da roda direita.

Alguns locais interessantes de sobrevoar são: Alpes Suíços, Montanhas Rochosas nos Estados Unidos, Montanhas da Nova Zelândia, Monte Evereste. Uma lista completa com todos os comandos de teclado pode ser acessada na Central de Ajuda do Google Earth.

Plug-in no Google Maps (mapas em 3D)

A possibilidade de se acessar, através de um browser, imagens de satélite e mapas de ruas, já era muito bacana. Mas o Google não se contentou em oferecer somente isso aos seus usuários. Assim, a empresa disponibilizou, para download, um plug-in do Google Earth que permite, aos usuários, terem acesso a todas as imagens disponíveis no GE, sem e necessidade de abrirem o aplicativo. Para começar a navegar em 3D pelo Maps, basta acessar esta página, instalar o plu-gin, e se divertir com as belas imagens do GE. :)

Lua, Marte e o céu

Depois de ter explorado a Terra, por que não conhecer novos horizontes e explorar os mapas da Lua, de Marte e do céu? Com o Google Earth, basta clicar no planeta na barra superior, e escolher quais das visualizações pretende acessar. Abaixo, uma breve descrição do que poderá encontrar em cada uma das opções:

Lua: fazer passeios por pontos de aterrissagem, narrados por astronautas das missões Apollo, visualizar modelos em 3D das espaçonaves, aplicar o zoom em fotos de 360 graus para ver as pegadas de astronautas e assistir a clipes de TV raros das missões Apollo.

Marte: visualizar imagens obtidas pela NASA há algumas horas, na camada Live from Mars (Ao vivo de Marte), fazer um passeio interativo por Marte, narrado por Ira Flatow, da Public Radio, ou por Bill Nye, o Science Guy, visualizar modelos em 3D de sondas e seguir seu rastro para ver panoramas de 360 graus em alta resolução e pesquisar pontos de referência marcianos famosos, como a Face em Marte ou o Monte Olimpo.

Céu: ver constelações e os movimentos dos planetas, ouvir podcasts de astronomia e ler pesquisas de especialistas sobre o céu, criar e compartilhar suas próprias imagens, marcadores e muito mais.

No próximo artigo, falaremos sobre o Google Earth para celular, abordaremos as diferenças entre o Google Earth e o Google Earth Pro, casos de sucesso envolvendo o serviço do Google e a Galeria do GE.

Baixem agora mesmo o Google Earth e divirtam-se com todo o poder desta ferramenta do Google.

Este artigo foi escrito por Ricardo Fraga, editor do Google Discovery, e Daniel A., guia oficial do Google no Fórum de Ajuda do Google Earth.

5 Replies to “As várias faces do Google Earth

  1. Google Earth is a virtual globe, map and geographical information program that was originally called EarthViewer 3D, and was created by Keyhole, Inc, a Central Intelligence Agency (CIA) funded company acquired by Google in 2004 (see In-Q-Tel). It maps the Earth by the superimposition of images obtained from satellite imagery, aerial photography and GIS 3D globe.

  2. Likewise, the Intracoastal Waterway system, which stretches from Texas to New Jersey, has long provided nautical tourists with a well-marked channel and an inside passage that allows boaters to travel from southern Texas up the eastern seaboard without having to venture onto the high seas.

Comente!