Criador do Software Livre faz críticas ao Chrome OS

Depois de Paul Buchheit, um dos criadores do Gmail, agora é a vez de Richard Stallman, criador do movimento do software livre, criticar o sistema operacional Chrome OS, do Google.

Para Stallman, no Chrome OS os dados dos usuários estarão em risco, pois ficarão armazenados na nuvem e não na máquina pessoal de cada um. Para ele, as informações armazenadas na internet promovem a perda dos direitos legais e a capacidade de controlar seus arquivos.


“Nos Estados Unidos, você até perde direitos legais se armazenar seus dados nas máquinas de uma empresa em vez de suas próprias” disse o conhecido ativista durante uma entrevista ao jornal The Guardian.

“A polícia precisa apresentar a você um mandado de busca se quiser obter seus dados; mas se eles estiverem armazenados no servidor de uma companhia, a polícia poderá obtê-los sem mostrar nada a você. Eles podem até nem precisar mostrar um mandado à empresa”.

6 Replies to “Criador do Software Livre faz críticas ao Chrome OS

  1. Concordo totalmente com ele e completo "funcionários de má conduta podem liberar todos os seus dados para cybercriminosos para roubar dados importantes para chantageá-lo ou até modificar seu conteúdo sem você souber".

  2. Faz muito sentido isso…
    Tenso…
    Mas pera, isso nos EUA, mas e aqui? Como funciona a política de dados? Eu já sei que é mei capenga, mas também sei que para crimes hediondos, como pedofilia, o google manda mesmo os dados…

Comente!