A Google poderá sobreviver sem uma grande rede social?

Durante muito tempo eu não entendi qual era a estratégia da Google para as redes sociais. Ela sempre foi muito centrada no Orkut, que não tem penetração nos EUA e, paralelamente, no fornecimento de publicidade para o MySpace.

Enquanto não havia grande competição ou, pelo menos, competição a atingir o quintal da Gigante das Buscas, tudo ia bem. Parecia até que havia um certo desprezo pelas redes sociais lá pelos lados de Mountain View.


Acho que já é reflexo de uma empresa em fase de amadurecimento. Digo isso porque eu sou um homem maduro e custei a me atentar para a importância das redes sociais, apesar de ter perfis em várias delas.

Acontece que surgiu um fenômeno chamado Facebook. Ele cresceu e agora assusta o pessoal da Google. Até porque esta rede social começa a atacar em áreas de predomínio ou forte competição da Google, como o e-mail e as buscas locais. E sabem a razão? Eu acho que é porque agora o Facebook não atrai apenas adolescentes, que consomem muito pouco. Em verdade, as pessoas na faixa etária dos 30 aos 50 anos estão invadindo o Facebook e com grande poder de compra.

E é importante admitir que o Facebook é muito legal!

Daí surgiu a idéia, que chegou a ser chamada de Google Me, nome este depois desmentido.

Aqui fora muito se especula sobre o que será esta “camada social para os produdos Google”. Tomando como base as compras recentes de empresas, parece que a estratégia da Gigante das Buscas seria entrar com jogos dentro do Facebook, para tomar-lhe tráfego e pegada social. Afinal, o Eric Schmidt chegou a falar  O mundo não precisa de uma cópia da mesma coisa”.  Eu mesmo cheguei a pensar que a estratégia se limitaria a isto.

Mas esta camada ainda não veio. Na última sexta-feira, o Patric Pichette afirmou em entrevista que as redes sociais são parte da estratégia da Google.

Hoje, depois de muita reflexão, estou convencido de que não bastará a Google fazer uma “camada social para os seus produtos” ou criar jogos, para roubar tráfego e pegada social do Facebook. Em verdade, se desejar realmente competir pelas informações sociais, terá que criar uma verdadeira rede social, de preferência com características algo semelhantes ao Facebook, e buscar, aos poucos obter a adesão dos usuários.

Um dos possíveis começos, de forma a evitar o problema da formação da rede, seria a compra do Twitter. Dizem até que recentemente a Google chegou a oferecer USD$ 4 bilhões pela rede social. Acredito que valeria à pena elevar a oferta, para arrematar logo o produto e, assim, ter a rede iniciada com as relações já feitas no Twitter, além de manter em Mountain View as buscas instantâneas.

No entanto, a compra do Twitter apenas poderia apressar o trabalho de formação da rede, além, é claro, de dar à Google outra forma de pegada social. Não elimina, no entanto, todo o trabalho braçal de criar uma rede social no formato do Facebook, o que lhe permitiria efetivamente competir neste campo.

Sem dúvidas, este negócio de redes sociais, por exigirem a adesão de pessoas em escala geométrica, é imprevisível quanto à possibilidade de sucesso. No entanto, a Gigante das Buscas terá que tentar um dia, ou correrá o risco de perder para o Facebook o terreno conquistado no campo da publicidade na Internet.

16 Replies to “A Google poderá sobreviver sem uma grande rede social?

  1. Boa a matéria e desde que comecei a usar o Facebook, percebi que a Google deveria se preocupar, e olha que aqui no Brasil ainda tem o Orkut.
    E quando a Facebook viu o mercado que tinha por aqui investil pesado, não é a toa que é a rede social que mais cresce e se a Google não acordar, porque por enquanto ela só despertou, a Facebook vai dominar no Brasil também.
    Más a Google ja tem um grande problema acordou tarde, perdeu vários funcionários de peso para o seu rival e tomar um mercado existente é muito mais difícil do que fazer um novo.
    Enquanto isso quem rir a toa é a Microsoft que ja andou fazendo acordo com a Facebook, acho que só para por lenha na fogueira.
    Ao meu ver o problema maior da Google é que eles tem grandes engenheiros de informação, mas quase nenhum bom engenheiro social.

  2. O Facebook está aos poucos dominando a publicidade na web. A melhor forma de ataque que o Google poderia oferecer, seria um produto parecido com o Facebook ou melhorar bastante seus produtos para assim atrair a atenção das pessoas que só querem redes sociais…

  3. A única coisa que me atrai no Facebook é a interação com muitos outros serviços online… mas só.
    Nunca gostei da aparência ou a forma de se comunicar… Acho que se o Orkut recebesse uma merecida reestruturação (largando de vez os usuários "eu prefiro o Orkut velho" de lado) e realmente forçando uma evolução dos próprios usuários já seria grande coisa.
    O grande problema do Orkut são suas atualizações, mudou, evoluiu mas em pouco tempo se tornam imperceptíveis. Sempre gostei mais do Orkut e tenho fé que pode melhorar o suficiente para bater o facebook. Nem que para isso ele tenha que mudar de nome (google me)

  4. Eu acho que o google provavelmente ja está preparando isso e como sempre não está divulgando, mas eu acho que eles dão muito mole, eu particularmente tenho o facebook pra conversar com amigos estrangeiros, mas eu não acho um site tão legal, ele é na minha opinião poluido e difícil de entender de início. Ao contrário do Orkut que é muito mais intuitivo, o problema do orkut é a invasão de brasileiros que cá entre nós fazem bagunça rs

    mas o google tem tudo pra dar certo, é só eles unificarem tudo e dar opção pra pessoas que tem várias contas google unificar em uma só (mesclar).

    uma coisa irada que o facebook tem, é o botão "Curtir" eita ideia boa =D

  5. Eu acho que o google provavelmente ja está preparando isso e como sempre não está divulgando, mas eu acho que eles dão muito mole, eu particularmente tenho o facebook pra conversar com amigos estrangeiros, mas eu não acho um site tão legal, ele é na minha opinião poluido e difícil de entender de início. Ao contrário do Orkut que é muito mais intuitivo, o problema do orkut é a invasão de brasileiros que cá entre nós fazem bagunça rs

  6. Se o Google oferecer uma rede parecida com o Face, eu não entraria. Seria melhor eles oferecerem um produto novo e diferente de tudo que já se viu. Comprando o Twitter, acho que muita gente sairia de lá, motivo Orkut. Se querem ideias novas, ou pensam melhor ou sei lá fazem um concurso, acredito que exista muita gente com boas ideias, porém, poucos recursos. O Orkut era bom…

    1. Eu não entendo o teu ponto de vista. Eu acho que o Facebook perde em muitas coisas mas as suas ideias gerais estão muito boas. As páginas no Facebook que, numa nova rede, eu chamaria com outro nome – backroom – poderiam ser algo bastante útil na medida em que podem permitir terminar com o SPAM nos emails. Imaginem se uma rede social pudesse unir nestas backrooms diversas funcionalidades. As funcionalidades das páginas no Facebook, com a opção chat dos novos grupos e com outras opções que atrai nas comunidades Ning: newsletter com HTML; sub-perfil.
      A ideia do sub-perfil seria um espaço onde criadores das backrooms pudessem criar perguntas que cada membro deveria responder. Quando um membro duma backroom quisesse ver o perfil de outro veria o sub-perfil com um link para o perfil principal.
      Usaríamos as enquetes que o Orkut tem em suas comunidades.
      Tantas outras coisas podiam ser feitas. Mas jamais abandonando a ideia principal que é possibilidade de integrar as páginas (backrooms) com blogs ou sites.
      E, para além de tudo isso, exigia que, para ter perfil na rede social, tivesse a sua identidade verificada. Isso poderia ser feito através dum contacto por sms de alguém que tivesse registado o seu número.
      Tenho muitas mais ideias.

  7. o facebook ja esta em queda, acredite… quando algo se torna muito popular ja esta em seu processo de queda, melhor é esperar pra que venha outra grande novidade na web, ou que criem esta, tem que ser algo novo.

  8. Eu penso que o Google deveria pensar em comprar a rede social Hi5. Esta rede tem uma boa base de membros e, se reformulada, para algo parecido com o Facebook daria algo excelente ao nível da concorrência com o Facebook. Isto porque a marca Hi5 tem um nome enorme no mercado das redes sociais e, em Portugal, juntamente com o Badoo, Tagged e iOrbix são das poucas a fazer frente ao famoso Facebook.

  9. A Google é gigante apenas nas buscas, porque esse layout do Orkut, acho que eles estavam bêbados quando aprovaram, nunca vi uma coisa mais medonha na web do que isso..Não é a toa que o Face tem 580 bilhões de pageviews contra 50 do Google.
    O Facebook tem um pagerank 10, o Google 9 e o Orkut fracassado tem 6, menos que a Uol que tem 7

Comente!