Google cria novo formato de imagem para web: WebP

2
91

Como parte de uma iniciativa do Google para tornar a web mais rápida, a gigante de Mountain View tem frequentemente lançado ferramentas para ajudar os proprietários do site acelerar os seus projetos.

“Lançamos a extensão Page Speed para Firefox para avaliar o desempenho de páginas web e obter sugestões sobre como melhorá-los, nós introduzimos também a extensão Speed Tracer para o Chrome visando ajudar e a identificar problemas de desempenho em aplicações web, e lançamos um conjunto de ferramentas para ajudar desenvolvedores a construir aplicações web totalmente otimizadas com código JavaScript”.


Embora essas ferramentas tenham sido extremamente bem sucedidas, o Google observou que existe um único componente das páginas web que é constantemente responsável pela maioria da latência nas páginas da web: as imagens.

Alguns engenheiros da Google decidiram então descobrir se havia uma maneira de continuar a comprimir as imagens como o JPEG e tornar o carregamento mais rápido, preservando a qualidade e resolução. Como parte deste esforço, a empresa liberou uma prévia de um novo formato de imagem, a WebP, que promete reduzir significativamente o tamanho de bytes de fotos e permite que os sites da Web possam carregar mais rápido do que antes.

O formato foi desenvolvido com o formato de compressão do codec de vídeo VP8 e apresenta tempo de carregamento menor, já que há uma redução do número de bytes nas fotos. Em breve, o WebP também suportará transparências, permitindo substituir o PNG. O Chrome deverá ganhar em breve um patch de conversão para que o browser suporte o formato.

“Imagens e fotografias compõem cerca de 65% dos bytes transmitidos por página web hoje. Eles podem retardar significativamente a experiência do usuário na web, principalmente em largura de banda em redes limitadas como redes móveis”.

Quem tiver interesse, pode experimentar a ferramenta de conversão para o formato e também visualizar uma galeria que traz uma comparação do novo formato com o JPEG.

2 COMENTÁRIOS

Comente!