Google censura crítica contra a empresa

Uma propaganda feita pelo instituto americano Consumer Watchdog, na qual o CEO do Google Eric Schmidt aparece distribuindo sorvetes de graça como isca para obter e rastrear as informações de crianças, teria sido bloqueada pela empresa sob alegação de que o regulamento do AdWords impediria o uso de marcas de outras empresas pelo anunciante.


Segundo o instituto, publicidades semelhantes envolvendo outras marcas já tinham sido veiculadas sem enfrentar qualquer tipo de restrição do Google. Após a reclamação pública do instituto, o vídeo em questão começou a ser veiculado. Segundo o site Relevant Results, a empresa alega que o bloqueio foi devido e que seguiu o regulamento. A liberação da propaganda não foi uma revisão da decisão, mas uma liberalidade do Google que, como dono da marca, autorizou seu uso.

Via: Terra Tecnologia

5 Replies to “Google censura crítica contra a empresa

  1. Realmente, fazer um vídeo para prejudicar uma empresa como o Google é muita baixaria!

    1. Por que?
      Por que se é o Google tem que ser diferente? Se fosse a Microsoft vc tb acharia ruim?
      Não entendo essa aceitação que o Google ou no Google tudo pode.

Comente!