Fundadores do Google não concordavam com anúncios baseados em interesse, diz WSJ

Uma revelação feita pelo Wall Street Journal mostra que os fundadores do Google não concordavam com todos os elementos que envolviam o lançamento dos anúncios baseados em interesse:

“No fim de 2008, executivos do Google se preparavam para lançar anúncios direcionados nos interesses dos usuários. Os detalhes ainda permanecem controversos.


A tensão explodiu durante uma reunião com cerca de uma dúzia de executivos do Google em Mountain View, Califórnia, cerca de 18 meses atrás, quando Page e Brin gritavam um para o outro sobre quão agressivamente o Google iria se colocar como alvo, de acordo uma pessoa próxima e familiar com a reunião. “Foi estranho”, disse esta pessoa. “Foi como assistir a luta entre os pais.”

Brin era mais relutante do que Page. Eventualmente, ele acabou concordando e os planos do Google em vender anúncios direcionados para os interesses das pessoas seguiu em frente.

Google lançou o novo produto publicitário “anúncios baseados em interesses” em março de 2009. O serviço, atualmente disponível apenas para um grupo limitado de anunciantes, usa cookies para rastrear a visita em um dos mais de um milhão de sites que o Google vende anúncios de exposição.”

Via: Blogoscoped

2 Replies to “Fundadores do Google não concordavam com anúncios baseados em interesse, diz WSJ

Comente!