“A Google” ou “O Google”?

Olhando em diversos blogs, portais e em alguns “tweets”, percebemos que o artigo que antecede a palavra “Google” às vezes é feminino e outras vezes é masculino.

Até aqui no Google Discovery podemos ver esses dois usos: o amigo Rômulo de Araújo Mendes, por exemplo, prefere falar “A Google”. Em comentários pessoas também falam das duas maneiras.


Mas, afinal… o correto é dizer “O Google” ou “A Google”?


Depois de uma pesquisa, podemos dizer que as duas maneiras estão corretas.
Eu, pessoalmente, prefiro usar o artigo definido masculino: “O Google”. Para justificar o uso do artigo masculino, posso dizer que estou tratando do buscador Google, com desinência de gênero masculino, que pede então um artigo “macho”: O Google. Posso também justificar dizendo que uso o artigo masculino porque estou falando do conglomerado Google.

Bom, mas essa é a forma que eu prefiro usar. Parece que cada região fala de um jeito: percebo que aqui em São Paulo a maioria das pessoas falam “O Google”. Diferente de parte do sudoeste baiano (de onde eu vim). Lá eu ouvia as pessoas falando “A Google”. Em Portugal eles também escolhem o artigo feminino.
Quem faz uso do artigo feminino pode dizer que estava tratando da empresa Google. “Empresa” pede um artigo feminino, então quem falou “A Google” também estaria correto.

Discuti o assunto há um tempo com o Renê Fraga. Ele me mostrou algo interessante: O próprio Google se chama de “O”. Veja na imagem.

Se O Google disse… eu não vou discutir com ele. Mas… se você usa o artigo feminino, é uma opção correta, pelo que vimos. Até livros usam.
Sorte têm os americanos: Lá eles falam “The Google” e fim de papo.
E aí, qual das duas maneiras você prefere usar?

65 Replies to ““A Google” ou “O Google”?

  1. Eu uso o Google quando falo do buscador e a Google quando me refiro a empresa. Em inglês não faz diferença, mas em português sim. Na minha opinião.

  2. “A” corporação (A empresa) Google.
    “O” site de busca (ou site de pesquisa, como outros preferem) Google.

    “Pesquina nO Google…”
    Nunca vi ninguém dizer: Pesquisa nA Google…

  3. Vamos olhar pelo lado da empresa. A empresa, A Google. Já se formos pelo buscador e tudo o que gira em torno deste, temos O Google.
    Seguindo este raciocínio, enquanto conversando sobre o Android eu digo “O Android dA Google”.
    Pelo menos é o que eu uso ^^

    @iGauM

  4. Uso os dois, dependendo do contexto.
    Se eu estiver falando do buscador Google, uso o pronome masculino.
    Se eu estiver falando da corporação, já uso feminino, como na frase “A Google compra o Youtube”.

  5. Sempre falei “A Google” como empresa. Não consigo imaginar a Google como sendo masculina, a não ser pelos seu produtos.

    Interessante isso!

  6. Isso é um costume, um modo cultural de tratar algo. Veja “A” rede social Orkut, é feminino uma rede social, mas se referenciarmos como “O” site d”O” Orkut…
    Mas “Os” canais de TV que começam com REDE são referenciados commo “A” Globo, “A” Record porque têm rede na frente, o que não acontece com “O” Orkut, hehehe…
    Então, daí o costume…

  7. Bem, eu prefiro usar A Google, em relação a empresa, realmente. Quando vou me referir que pesquisei nele, utilizo “O Google”. “Encontrei esta página no Google”.
    Em relação ao Reader, uso também “O Google REader”.
    E como o Igor falou, quando me refiro a um serviço/produto dela, no geral, uso A Google. (A TV do Google, O Android dA Google, etc…)

    Aliás, isso soou estranho:
    “O próprio Google SE chama SE”

    Mas enfim, ótimo artigo! =)

  8. Quando se quer falar do serviço, se fala O Google. Quando se quer falar da empresa, é A Google.

    Está errado em falar: “O Google lançou mais um produto” até porque o buscador não lançou um produto, foi a empresa que o fez.

    No contrato do AdSense tem A Google, logo…

  9. brilhante artigo, já fui indagado sobre e respondi expontaneamente basicamente isso que escreveu. Uso o artigo A para me referir a empresa. Bem bolado! parabéns…

  10. Eu uso o Google quando falo do buscador e a Google quando me refiro a empresa. Em inglês não faz diferença, mas em português sim. Na minha opinião.[2]

  11. Falo “O” Google porque sou homem e sentiria que estaria desprestigiando a masculinidade do buscador falando “A” Google.

    Hehe… sei sei… você leu isso aqui e deve estar pensando: “Cada um que aparece, hein!”

    1. Eu sou minerin uai e falo o Google. :p

      Alguns funcionários da empresa falam o Google. Outros, a Google.

      O que importa é que, quando falamos o/a Google, todo mundo sabe de qual empresa estamos falando. ;)

  12. Eu utilizo “O”, mas conheço algumas pessoas que lá trabalham e eles sempre utilizam “A”.

  13. Como a maioria aqui, faço distinção quando me refiro ao serviço e à empresa. Não há dúvidas quanto à essa aplicação.
    Mas tenho ouvido e lido pessoas trocarem as bolas nessa questão ou mesmo só usarem um dos gêneros para qualquer situação.

  14. GOOGLE é uma empresa. Empresa é um substantivo feminino, então o certo é: “a Google”.

  15. Falo A Google quando me refiro à empresa.
    Já quando me refiro ao buscador, falo O Google: “Pesquisa nO Google”.

    Artigo interessante

  16. Posso dizer que uso “O Google” e “a Google” dependendo do contexro da frase, por exemplo. “O Google acaba de fazer uma atualização”, “O Google é um ótimo buscador”, “A Google é uma ótima empresa” e “A Google tem uma loja”

  17. Eu uso ambos, depende do que estou falando. Se é da empresa como um todo, uso A Google, assim como também uso A Microsoft… Mas se estou falando da pesquisa, uso O (buscador) Google, assim como também uso O Bing…

    []’s
    @Compulsivo

  18. Se falarmos da empresa é “A Google”. Se for um produto é “O Google Reader” ou “O motor de busca Google”. Não tem como errar, aprendemos no ensino básico a concordância nominal.
    Às vezes acho que o miguxês vai acabar por vencer, por exemplo o leitor gsctt que para além dos comentários que não acrescentam nada (é só auto-promoção) não sabe escrever Brasil como deve ser. Para além de outros erros de palmatória. Se fosses meu aluno certamente chumbavas.

  19. Xavier Xavier… não me contive.

    Estive a procurar por teu nome pela web e deparei-me com uma impressão estranha, que talvez não passe de um engano meu. Ocorreu que percebi que teus comentários são sempre agressivos e teus argumentos frequentemente “ad hominem” (p. ex. http://googlediscovery.com/2008/10/06/google-enfrenta-problemas-de-acesso-na-argentina-e-outros-paises-da-america-latina).

    Bem sei que tu entraste no meu Twitter, que por sinal é bem pouco atualizado, e viste em um pequeno erro de digitação a tua oportunidade para atirar pedras.

    Por que continuas com raiva? (http://googlediscovery.com/2010/05/03/google-search-brasil-ganha-teclado-virtual)

    Não leve a mal, amigo. Não tenho nada contra ninguém. Se incomodei, desculpe-me.

    No entanto, entendo que ataques pessoais não são muito apropriados para serem feitos por aqui, tu não achas?

    Pois bem. Pretendo continuar longe de emitir comentários hostis a outros leitores, mesmo que entenda que algum comentário foi inútil ou agressivo e ainda que me xinguem mil milhões de vezes…

    No mais, obrigado!

  20. Realmente Xavier… Ou Você ama o gsctt ou você tem algo contra ele. Mas seja como for, concordo com o gsctt, mande email para ele: Aqui não é local para isso!

  21. Digitando ‘A Google’ ou ‘O Google’ o buscador não corrige com a famosa frase ‘Você quis dizer…’. Então ambos estão corretos!

    Eu uso a mesma regra do alface. O ou A alface? O pé de alface e A folha de alface.

    :P

  22. @gsctt.
    Se achas que escrever “Brazil” é somente um pequeno erro de digitação… Ainda bem que colocas aí um link que demonstra que tu inicias uma discussão, somente porque eu pedi para deixarem de escrever “mais” na vez de “mas”. Quanto ao resto mais do mesmo. O teu comentário não acrescentou nada à discussão.

  23. Renê, em relação à última imagem do post, onde diz “Sobre o Google”, você já reparou que, ao clicar, o título da página que ele te leva se chama “Sobre a Google”? Será que nem o pessoal do/a Google decidiu ainda? Hehehe…

  24. Eu concordo com a galera lá de cima! :)
    Na minha opinião, usa-se “o Google” para se referir ao buscador e a seus produtos e “a Google” para se referir a empresa.

    Sorte têm os americanos: Lá eles falam “The Google” e fim de papo²

    Abraço!

  25. Na norma padrão da LP não existe concordância ideológica, então o correto é usar A GOOGLE.A EMPRESA GOOGLE.O GOOGLE, como buscador você estaria certo se fosse referiar AO BUSCADOR.São 2 formas corretas PARA USOS DIFERENTES.

  26. Alguem ai disse: “Se eu estiver falando da corporação/empresa, já uso feminino, como na frase ‘A Google compra o Youtube’.” Ora, a lógica está errada … De acordo com este raciocínio deveria ser ‘A Google compra a Youtube’

  27. Calma aí galera. Vocês todos estão falando “da empresa” Google ou “do buscador” Google. E aí ficam nessa discussão “da Google” ou “do Google”. Nestes dois casos o nem o “a” nem o “o” se referem ao Google, mas à empresa ou ao buscador. E neste caso as duas formas estão corretas. Mas, se eu não estiver enganado, o nome Google vem deliberadamente de um erro de soletração da palavra Googol que significa 1 seguido de cem zeros. Então Google tem origem em um número, “o número”, e não “a número”, portanto “o Google”.

  28. Daniel Drumond, acho que o raciocínio usado não foi para falar de serviço, mas de empresas: “Se eu estiver falando da corporação/empresa, já uso feminino …” Em outro contexto você poderia falar “do serviço” Youtube. Além disso eles não compraram o serviço Youtube, compraram a empresa mesmo.

  29. Talvez, Pedro, mas, já ficou na cabeça do povo “o site Youtube” “o portal”… Penso eu, pelo menos..

    Quando se pergunta o que é Youtube se responde “um site” “um serviço do(a) Google que permite vídeos e blah”…

  30. Oi parabéns pelo seu trabalho. Sou português e nunca aqui ouvi alguém referir “a Google” no que se refere ao buscador, somente em relação ao Google empresa.

  31. Sim, mas as pessoas usam erroneamente casos como: “O GOOGLE ABRIU UM ESCRITÓRIO NO BRASIL”, por exemplo,”O GOOGLE LANÇOU O STREET VIEW”, ESTÁ COMPLETAMENTE ERRADO.Desde quando um BUSCADOR lança alguma coisa???

  32. Eu falo sempre “o Google”.
    Não tem nada a ver esse negócio de fala “a Google” porque é a empresa e “o Google” porque é o buscador.
    Se fosse assim, deveríamos falar “a Chico”, porque estou me referindo a uma pessoa.

  33. Li tudo e acho que esta certo as duas formas de falar, depende de como é utilizado, qual o contesto da frase, mas uma coisa esta errada e não é em como se fala o google ou a google, é o que você escreveu no final “Sorte têm os americanos: Lá eles falam “The Google” e fim de papo.” todos que moram no continente americanos são americanos, seja america do sul, america central ou america do norte, o certo seria estados unidenses, sei que fica estranho mas é o certo, grato e belo post.

  34. @ Chico. Se tu fosses uma empresa seria “a Chico” – consegues agora perceber a diferença?

  35. CHICO meu filho, você aprendeu português na escola?antes de apontar algo, saiba!!!Lê a gramática meu filhote!Você entao sempre fala errado…o google não é uma empresa e sim um buscador…os portugueses têm mais facilidade, já os brasileiros falam muito errado e como você não conseguem perceber a diferença.

  36. Xavier Orkall e Henrique Barbosa, comparem com os nomes dos estados do Brasil. Temos “o Amazonas”, “o Paraná” e “o Espírito Santo”, mas temos também “a Bahia”. E também temos “São Paulo” e “Pernambuco” (sem artigo). Não deveriam todos ter o artigo masculino “o”, já que são “os estados”? Qual é “regra” da Gramática para isso, então?
    Recomendo acompanhar o professor Cláudio Moreno aqui http://wp.clicrbs.com.br/sualingua/ .
    Vejam, por exemplo, este artigo sobre o gênero de pendrive http://wp.clicrbs.com.br/sualingua/2009/11/15/o-pen-drive/ .

  37. Xavier Orkall e Henrique Barbosa, queiram me desculpar por ter usado como exemplo os estados do Brasil.
    Mas o mesmo pode ser dito usando como exemplo as províncias de Portugal. Temos “o Minho” e “o Ribatejo”, mas também temos “a Estremadura”. Pela “regra”, não deveriam ser femininas todas as províncias?
    O que eu quero dizer é que o costume determina o gênero das palavras, e não uma suposta “regra” imposta pelo gramatiqueiros de plantão.

  38. Agora vou usar somente "The Google". =D
    As vezes uso feminino e outras o masculino. Dependendo do que vou falar, se vai ser da empresa uso 'A' se for do buscador, reader, docs, etc; uso 'O'.

  39. Nessa página que você usa como exemplo, eles estão se referindo ao buscador, por isso falam "o Google". E os americanos não falam "the Google", falam apenas "Google".

  40. Também nunca ouvi ninguém pesquisar nA Google.

    Até porque o site do Google é diferente da Empresa Google.

    Porque a empresa google tem muitos produtos: Como gmail, orkut, blogger, etc.
    Se você tá pesquisando você tá utilizando o site de pesquisa google.

    Mas quem quiser ser diferente e ir contra o hábito, pesquise nA Google, então.

  41. Eu prefiro dizer o Google, nuca disse a Google. Sendo assim da para dar uma moral para nos homens…….
    hehe…

  42. Olá, eu venho te esclarecer, esse drama da vida real.
    Existe a empresa chamada google , ou seja, a google, mas essa empresa tem um buscador chamado google por isso o artigo o google. entendeu?
    Dependendo do que vocÊ está falando usa-se o artigo “o” ou “a”.

  43. “A Google” normalmente se usa quando falamos da empresa: Ex. A Google, através de sua presidenta…  ou, com novo movimento no mercado de ações, a Google espera crescer…
     
    Quando se fala de “produto”, “funcionalidades”, “site”.. usamos “o Google”.
     
    Pelo menos á assim que entendo a forma correta.

  44. Se o próprio Google se chama de “o Google” em português, “a” está ERRADO.

      1. Nesse caso não é questão de ficar melhor ou pior. “O empresa” NÃO existe.
        O que é discutido é:
        “A empresa DA Google” ou
        “A empresa DO Google”.

  45. Nossa, gente, não é tão difícil assim. O lugar onde está escrito “o Google” faz uma referência ao buscador da Google, não à empresa. Se vocês quiserem falar sobre a empresa criadora do Google, vocês têm de falar “a Google”. Simples. Se vocês fizerem uma pesquisa rápida, verão que mesmo nos documentos liberados pela própria empresa, ela se chama como “a Google” – validando o que eu falei acima.

  46. A empresa google. A google lançará uma nova versão do android. A google comprou o waze. A google foi acusada pela procuradoria geral americana de facilitar a não aplicação da lei a permitir algorítmicos complexos de criptografia. A google aposentou o google save. A google acabou com o iGoogle…

  47. Uso as duas formas. Artigo A quando me refiro a empresa e O quando falo do buscador também.

  48. conglomerado é a Alphabet, ela pode ser chamado de ele, a Google não.

Comente!