Motorola libera Android 2.1 para Milestone

No início do mês, a operadora Vivo liberou, aos clientes proprietários do Motorola Milestone, a versão 2.1 do sistema operacional Android.

Hoje, atendendo ao desejo dos usuários que compraram o aparelho avulso, a Motorola anunciou que disponibilizou, e seu site, a versão 2.1 do SO para todos os donos de Milestone.


Entre as vantagens da versão 2.1, podemos destacar:

  • Nova versão Google Maps já embarcada, com multitouch;
  • Possibilidade de configurar o Google Maps como papel de parede;
  • Widget do Google Latitude e Hora Mundial;
  • Aplicativo para gerenciamento de bateria, já configurado por padrão. Ou seja, já está funcionando de maneira a otimizar o uso de bateria;
  • Possibilidade de configurar quantidade de telas (3, 5, 7 ou 9) da home screen;
  • Suporte a papéis de parede animados;
  • Novidades no aplicativo da câmera: nova interface com comandos na tela; modo Widescreen Picture; otimização para tipos de cenas, fotos e efeitos;
  • Nova galeria de imagens em 3D, agora também com possibilidade de enviar fotos para o Picasa;
  • Bloqueio do aparelho usando o código PIN;
  • Corretor de palavras em português.

A atualização pode ser feita no site da Motorola ou clicando aqui.

*Com informações do press release

10 Replies to “Motorola libera Android 2.1 para Milestone

  1. Também estou esperando pro Dext.

    Ainda falta esses celulares serem mais padronizados, para voce poder baixar o s.o. direto da fonte e instalar voce mesmo, assim que o Google liberar.

  2. Também estou esperando pro Dext.

    Ainda falta esses celulares serem mais padronizados, para voce poder baixar o s.o. direto da fonte e instalar voce mesmo, assim que o Google liberar.

  3. Entrei nessa onda de Android agora. Comprei o Dext essa semana e gostei muito do SO. Mas a questão da bateria e da falta do multitouch me chamou atenção. A nevagação na internet do iPhone, com o multitouch é tão simples, que resolvi correr atrás de algo parecido para o Android.

    Tive um N95 da Nokia e o aceletrômetro dele necessitava a instalação de alguns apps para funcionar, então imaginei que com o Dext seria a mesma coisa.

    Daí descobri essa situação bizarra de estar com o Android ver 1.5, enquanto já temos a versão 2.1 e a 2.2 quase sendo lançada. Quando se descobre que há algo bem melhor rolando por aí para algo que você comprou e simplesmente você não tem acesso a isso, de forma oficial, sabe-se lá por qual motivo, é muito frustrante.

    Isso tem me feito até balançar um pouco e pensar em devolver o aparelho e pegar outro que não sofra tantas restrições. Aproveitaria que ainda estou no prazo que o Código de Direito do Consumidor me permite.

    Bom, apenas jogando pensamentos para fora.

    Abraços!

Comente!