Microsoft quer concorrer com Google Apps

Em uma recente jogada junto aos principais gestores de TI no Brasil, a Microsoft passou a disponibilizar uma série de informações sobre suas ferramentas que procuram tornar a interação social entre funcionários mais eficientes.

A estratégia, que pretende concorrer diretamente com o Google Apps, visa demonstrar o poder gigante e a confiabilidade em seus produtos, assumindo assim uma guerra silenciosa.


Com a ideia de oferecer uma possível integração com sistemas existentes, a Microsoft trabalha para mostrar que seus produtos são capazes de promover uma revolução sem afetar o dia-a-dia da empresa, tornando praticamente sustentável a viabilidade da solução.

A grande aceitação do Windows 7, incluindo o público em geral, ajuda a expandir o mercado para a gigante dos softwares, dando a confiança certa para a tomada de decisão.

“Os produtos interoperáveis e inovadores da Microsoft com ferramentas familiares que conectam pessoas e informações podem ajudá-lo a melhorar a eficiência, reduzir custos e tomar decisões para que você permaneça competitivo” diz a Microsoft em seu comunicado.

Entre os produtos oferecidos estão: Windows Server 2008 (R2), Microsoft SQL Server 2008 (R2), System Center e o Windows 7 Enterprise. A companhia também oferece um Whitepaper que exibe a redução de custos e recursos que podem ser obtidos com as soluções de Comunicações Unificadas.

Usuários do Google Apps estão satisfeitos

Para olhar o outro lado da moeda, promovemos uma pesquisa no @GoogleDiscovery que questionava os usuários do Google Apps sobre a possibilidade de uma mudança para qualquer outra plataforma. O resultado foi surpreendente: o Google tem atualmente uma ótima aceitação popular, mesmo sendo uma empresa nova no segmento de TI.

Abaixo alguns dos interessantes feedbacks que recebemos no Twitter:

  • “Não! Inclusive minha empresa acaba de migrar para o Google Apps. Adeus Exchange!”, disse Alexandre Vique.
  • “Uso o Google Apps e estou muito satisfeito. Não trocaria, apesar de não conhecer o produto da Microsoft”, argumentiou Felipe Laurencio.

Se você ficou interessado em comparar ambas as plataformas, ou até mesmo conhece-las, visite os links abaixo para mais informações:

9 Replies to “Microsoft quer concorrer com Google Apps

    1. Olá Marco, você está se referindo neste caso a apenas uma ferramenta. No post, eu discuto o crescimento da Microsoft no mercado de soluções para empresas, desde ferramentas para trabalho e comunicação.

  1. Putz…A Micro$soft está concorrendo com o Google em partes de cloud computing, browser, mobile… A briga está ficando interessante.
    ;D

  2. É sempre interessante poder ler posts assim que abordam vários lados da moeda. Como usuário do Google Apps, fico bem contente em ver que a Microsoft está querendo entrar na briga e até oferecer um serviço melhor que o Google.

    Adoro concorrência! Quem não gosta, né?

  3. Microsoft sempre retardatária….. sempre reativa haueahueauehae
    empresa #FAIL

  4. É como eu li em um post do blog Google Operating System sobre o novo Hotmail http://goo.gl/JrN1 “Google has a lot to do to catch up with the new Hotmail, but that’s a good thing. Competition is what makes products better.”

  5. “Entre os produtos oferecidos estão: Windows Server 2008 (R2), Microsoft SQL Server 2008 (R2), System Center e o Windows 7 Enterprise” WTF? O que os sistemas operacionais e RDBMS tem a ver com Google Apps??

  6. A concorrência com certeza vai acirrada. O Google é uma empresa muito difícil de ser superada em vários aspectos, mesmo sendo a Microsoft, vale a pena esperar e ver o resultado da disputa.

Comente!