Ministério Público solicita dados do Google que mostram o Brasil como líder em censura

O Grupo de Combate aos Crimes Cibernéticos do Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo solicitou esta semana que Google Brasil forneça em 72h uma cópia dos dados que levaram a firma de Mountain View a colocar o Brasil como o primeiro em uma lista de países que mais fizeram solicitações de remoção de conteúdo dos sites da empresa.

De acordo com a assessoria de imprensa do MPF, os números citados sobre conteúdos removidos podem se referenciar especificamente aos crimes de pornografia infantil. “Queremos saber que tipo de casos tratam os outros números sobre o país que aparecem no relatório, especificando a quais serviços do Google eles se referem” disse a procuradora da República Priscila Costa Schreiner, que coordena o Grupo de Combate aos Crimes Cibernéticos do MPF paulista.


No ar desde o último dia 20 de abril, o serviço Google Government Requests visa mostrar a opinião pública os países que mais removem conteúdo dos serviços prestados pela gigante. Atualmente o Brasil é o líder com 291 remoções de informações. No caso de solicitações de dados, o Brasil também lidera com 3663 pedidos.

7 Replies to “Ministério Público solicita dados do Google que mostram o Brasil como líder em censura

  1. Se esse conteúdo removido for relativo à crimes cibernéticos é mais um dado que mostra a situação de um grave descontrole moral e ético do país. Só espero que essa solicitação do MPF não tenha nenhuma conotação de controle de censura governamental.

  2. A notícia é bastante dúbia, mas ao que parece os pedidos não se tratam de censura e sim porque as publicações ferem o direito de outras pessoas…

  3. Realmente, se os dados são sobre crimes virtuais e conteudo ofensivo acredito que nosso primeiro lugar na lista mostra o notável interesse da justiça Brasileira em combater o crime em meios eletronicos, não vejo motivos imediatos para criticar as ações do MP.

  4. Em geral a maioria das solicitações que o governo faz ao Google são relativas a violações de direitos de terceiros(cidadãos ou empresas) e sobre conteúdo ofensivo então não vejo motivo para criticarmos o Ministério Público neste aspecto, e se estamos em Primeiro Lugar em relação a pedir remoção deste tipo de conteúdo, então o Ministério Público estar de parabéns por mostrar defender o direito das pessoas mesmo na internet.

Comente!